6 Melhores Práticas Para Escolher Imagens no Elearning



Uma imagem vale mais que mil palavras. Como profissionais de eLearning tentamos encontrar maneiras de compartilhar as histórias por trás do nosso conteúdo eLearning, a fim de envolver e cativar o nosso público. As imagens fazem exatamente isso: Elas contam histórias, muitas vezes em milissegundos. Quanto mais impressionante, detalhada e animada for uma imagem, mais eficaz será. É por isso que as imagens podem ser ferramentas muito poderosas, e é por isso - também - que leva tempo para encontrar as imagens certas para qualquer entrega eLearning. Mas o que significa "certo"? Neste artigo, compartilharemos seis melhores práticas para escolher imagens no eLearning:

1. Pense na relevância.

Começar uma busca de imagens procurando inspiração raramente é eficaz. A maioria das vezes é confuso e muito demorado. Antes de começar sua pesquisa, você precisa ter uma ideia específica sobre o que você está procurando. Seu objetivo é encontrar uma imagem que seja relevante tanto para o seu tema e seu público. Por exemplo, digamos que você precisa ilustrar um departamento de vendas; Uma foto mostrando um fazendeiro dormindo atrás de seu banco não seria relevante, não é? Pelo contrário, iria distrair o seu público, neste caso profissionais de vendas. Saber quem são seus alunos é extremamente importante para a escolha de imagens no eLearning. Certifique-se de que, antes de iniciar a pesquisa de imagem, analisou o público e reuniu todas as informações necessárias sobre eles, como seus antecedentes educacionais e profissionais, suas idades, suas características culturais e assim por diante.

2. Verifique se as suas imagens reforçam a sua mensagem. 


Uma imagem irrelevante distrai, confunde e até irrita o seu público, assim como uma imagem "fraca". Lembre-se que você não está procurando imagens para preencher o espaço. As imagens necessitam reforçar seu texto e transmitir a mensagem que você está tentando começar transversalmente, estão lá para ajudar os alunos a entenderem um conceito. Em outras palavras, se as imagens selecionadas não transmitirem a mensagem certa, pode ser uma boa idéia não incluí-las em seu curso de eLearning. Pergunte a si mesmo se a imagem captou sua atenção durante sua pesquisa, não só faz sentido para seus alunos, mas também transmite a impressão que você deseja. Se a resposta for "sim", você está indo na direção certa. Se a resposta for "não" ou "não tenho certeza", continue procurando.

3. Procure imagens que evocam emoções. 


Efetivos visuais provocam emoção. Se você quer que seus alunos se lembrem da imagem que você escolheu, atraia-os ou faça-os rir! Seu objetivo principal é conectar-se com seu público-alvo para envolvê-los. Trabalhar com suas emoções é uma das melhores maneiras de fazer isso, e a imagem certa é a ferramenta perfeita. Para garantir que você escolha a imagem correta, use os dados que analisou do seu público: Quais são suas preferências e necessidades de aprendizagem? Quanto mais você souber sobre seus alunos, mais você será capaz de escolher imagens eficazes e evocar o tipo certo de emoção.

4. Use suas imagens consistentemente.


Um curso de eLearning de aparência profissional tem uma aparência consistente. Isso significa que todos os recursos visuais precisam ser consistentes ao longo do curso eLearning. Por exemplo, misturar clipart, imagens vetoriais e fotografias não é uma boa idéia; Tente se concentrar em um estilo de imagens. A consistência ajuda os alunos a se concentrar e torna mais fácil para eles se conectarem com seu conteúdo on-line, enquanto uma combinação aleatória de diferentes estilos visuais está distraindo o processo de aprendizagem.

5. Saiba que o tamanho importa. 


E por "tamanho" queremos dizer "resolução". Pense na resolução da imagem como qualidade da imagem: Quanto menor a resolução, menor a qualidade das suas imagens. Alta resolução significa que a imagem é clara, nítida e todos os seus detalhes tornam-se visíveis. Você não quer selecionar uma imagem e ninguém ser capaz de apreciar a sua beleza e significado, não é? Por outro lado, não é possível incluir imagens de altíssima resolução em seu curso de eLearning, pois elas são pesadas demais para serem abertas rapidamente. É por isso que você precisa sempre ter certeza de que o tamanho de suas imagens está correto.

6. Cuidado com os problemas de direitos autorais. 


Por último, mas não menos importante, certifique-se de respeitar a lei de direitos autorais. Se as imagens que você usa não são de uma fonte autorizada, você desobedece às políticas e diretrizes do mercado e isso pode levar a conflitos legais, certifique-se sempre de suar imagens de fontes legais antes de enviar o seu produto eLearning para o seu cliente, para evitar surpresas desagradáveis.

IDI Instituto de Desenho Instrucional


0 visualização