6 Atividades para Desenvolver o seu Conhecimento sobre eLearning



Tornar-se um especialista em qualquer coisa leva muito tempo, existem pesquisas sugerem levar 10.000 horas para chegar ao nível de especialista! Enquanto um prazo preciso é muitas vezes debatido, tornar-se um especialista exige muito esforço e fazer mais do que apenas o mínimo. Então, por onde começar, quando se quer ser especialista em eLearning? Aqui estão 6 atividades para desenvolver sua experiência em eLearning.

1. Prática

Quando você pensa em alguém que é bom no que faz, há uma boa chance de que isso tenha acontecido porque eles praticaram. Você vai melhorar suas habilidades através do desenvolvimento do seu trabalho, o tipo de prática que eu estou falando é aquela onde você tem tempo para experimentar e tentar novas idéias para desenvolver suas habilidades. Vai envolver cometer erros e planejamentos que precisarão ser revistos, mas é uma boa oportunidade para encontrar novos métodos ou maneiras de fazer as coisas.

2. Capacite-se

A criação de eLearning reúne várias disciplinas - teoria de aprendizagem, usando uma ferramenta de autoria e outros softwares, design visual, design gráfico, acessibilidade, escrita, design instrucional, experiência do usuário, trabalho com partes interessadas, gerenciamento de projetos - por isso é importante saber mais sobre esses Áreas.

3. Olhe Exemplos

Na teoria cognitiva, a aprendizagem pode ser melhorada através do estudo de "exemplos" ou, estudos de caso desenvolvidos. Blogs e vídeos do YouTube que explicam as etapas ou processo também são benéficos. No entanto, a realidade é que não há muitos lugares onde você pode ver exemplos de eLearning abertamente, algumas ferramentas de autoria, apresentam alguns demos que podem ser baixados e analisados.

4. Conecte-se com os outros

Você pode aprender muito com a experiência dos outros, diante disso as conferências são bons lugares para se conectar com outras pessoas que trabalham com eLearning. Há muitas maneiras de fazer isso - grupos de LinkedIn, Meetups, Twitter, comunidades, comuninidades de prática, Facebook do IBDIN.

O campo de eLearning é enorme e há muita gente lá fora, que estão dispostos a compartilhar conselhos, dicas, descobertas de pesquisa e lições que eles aprenderam com a comunidade em geral.

5. Mostre seu trabalho

Você pode não se sentir confortável fazendo isso imediatamente e ok, mas mostrando o seu trabalho para os outros você pode ouvir feedbacks e evoluir, melhorar sua performance. Mostrar seu trabalho não significa, necessariamente, que você precisa criar um site para compartilhar o que você está trabalhando (você poderia, no entanto). Comece compartilhando suas atividades de prática, amostras e descobertas com colegas, familiares ou amigos. Você também pode mostrar seu trabalho em mídias sociais, por exemplo, escrever um artigo do LinkedIn, compartilhar um link através de um tweeter ou postar no Pinterest.

6. Reflexão

Se você tentar uma ou todas as atividades acima, ter o tempo para refletir sobre o que é que você aprendeu e como você pode incorporar essas novas habilidades e conhecimentos em seu trabalho do dia-a-dia é extremamente importante. Reflexão é uma maneira poderosa incorporar o que você está aprendendo em sua prática diária.

Infelizmente, não há atalho para o desenvolvimento de experiência, é um processo contínuo que leva tempo e dedicação. Se você se comprometer com a aprendizagem contínua a sua experiência eLearning vai crescer constantemente.

IDI Instituto de Desenho Instrucional


115 visualizações