10 Maneiras de Criar Cursos eLearning com Interface Amigável



Os Cursos de eLearning devem ser fáceis de usar, intuitivos e altamente envolventes, de maneira que os aprendizes on-line sejam capazes de obter o conhecimento de que necessitam e, em seguida, aplicar suas habilidades recém-adquiridas no mundo real. Cada elemento do curso eLearning é voltado para a praticidade, acessibilidade e navegabilidade. Então, como você faz seu próximo curso de eLearning mais intuitivo e centrado no aluno? Aqui estão 10 maneiras de facilitar o processo de aprendizagem do aluno nos cursos eLearning:

1. Comece com instruções claras

Instruções claras abrem caminho para experiências de eLearning sem frustração. Inclua instruções sobre como acessar o conteúdo do eLearning e como os aprendizes online devem prosseguir. Por exemplo, se eles são obrigados a completar os módulos de eLearning por ordem, ou eles estão livres para percorrer o mapa do curso eLearning da maneira que julgarem mais adequado ao seu pefil. Você também deve incluir lembretes ao longo do curso eLearning, e nas avaliações, ou atividades interativas, faça uma boa explicação do que se espera do aluno.

2. Adicionar Controles de Navegação Familiares

Como diz o velho ditado: familiaridade gera conforto. Os alunos on-line esperam ver controles de navegação reconhecíveis quando acessam seu curso de eLearning. Por exemplo, setas, botões claramente rotulados e o sempre popular ícone "home" que redireciona para a página principal do curso eLearning. Dito isto, você ainda pode ser criativo com seus controles de navegação eLearning. Por exemplo, adicionando cores ou fontes criativas, mas legíveis. Além disso, tenha em mente que diferentes culturas ou regiões têm diferentes normas de navegação. Um ícone familiar pode não ser instantaneamente reconhecível em alguns locais. Esta é outra razão pela qual a pesquisa de audiência é da maior importância.

3. Use um modelo de eLearning

Os modelos de eLearning economizam tempo e recursos. Mas eles também oferecem outro benefício significativo, que é garantir a continuidade do curso eLearning. Os modelos de eLearning oferecem o poder de criar um layout de modelo principal que inclua elementos de marca, esquemas de cores e ícones de navegação. Assim, você pode garantir que os aprendizes online obtenham a mesma experiência amigável sempre que acessam seu curso de eLearning.

4. Evite blocos de texto volumosos

Os blocos de texto contribuem para a sobrecarga cognitiva e comprometem a facilidade de utilização do seu curso de eLearning. É melhor incluir textos curtos, listas de marcadores e cabeçalhos para restaurar a ordem do projeto do curso eLearning. Isso também ajuda os aprendizes on-line a concentrar-se sobre os principais pontos e absorver as informações rapidamente em vez de acessar longos parágrafos para obter o conhecimento de que necessitam. Use hiperlinks para que os aprendizes on-line acessarem mais informações, se necessário. Isso libera algum espaço em seu curso de eLearning, mas ainda dá aos aprendizes on-line o poder de melhorar sua compreensão.

5. Design Responsivo

As ferramentas de criação de eLearning com opção de design responsivo e os LMSs tornam seu curso de eLearning compatível com dispositivos móveis. Você cria um layout mestre que se ajusta em varias telas. Como resultado, os aprendizes online podem acessar o conteúdo do eLearning em qualquer dispositivo, desde smartphones e tablets até PCs.

6. Turma Piloto

Convide seus alunos on-line para testar o seu curso de eLearning após cada estágio de desenvolvimento. Depois de experimentar os controles de navegação eLearning e ler as instruções, pergunte-lhes perguntas específicas para coletar feedback. Por exemplo, havia algum aspecto do curso eLearning que parecia confuso? Será que eles entenderam completamente as instruções, ou ainda não havia certeza sobre como acessar o conteúdo eLearning?

7. Integre Guias, Tutoriais de Treinamento Online e Dicas

Alguns aprendizes on-line podem exigir um pouco mais de assistência. Por exemplo, eles não sabem como concluir a avaliação do eLearning ou precisam de ajuda para navegar. Um guia pode ser bem-vindo.

8. Microlearning

Organize pílulas do conhecimento. Concentre-se em um objetivo ou meta de aprendizado básico para cada atividade ou módulo de aprendizado micro. Isso evita a sobrecarga cognitiva e permite que os aprendizes online busquem recursos específicos de treinamento on-line durante o " momento de necessidade".

9. Incorporar um mapa de navegação clicável

Mapas de navegação dão aos alunos on-line controle completo do processo de aprendizagem. Eles são capazes de escolher a seqüência de eLearning, atividades e revisitar recursos on-line em qualquer ponto. Outra opção é um cronograma de navegação aberta que usa uma abordagem mais linear . Por exemplo, os aprendizes on-line podem retornar ao primeiro módulo de eLearning para atualizar sua memória ou se preparar para um exame.

10. Feedback para melhorar a usabilidade

Realize pesquisas com os alunos on-line após concluírem o curso eLearning para reunir seu feedback honesto. Isso também lhe dá a oportunidade de identificar pontos fortes e áreas de preocupação. Por exemplo, os controles de navegação eLearning que podem dificultar a experiência geral do usuário. Você também pode usar os relatórios LMS para avaliar a sua facilidade de utilização. Se os aprendizes on-line levarem mais tempo do que o esperado para concluir o curso eLearning, isso pode ser atribuído a layouts desordenados ou caóticos.

Essas 10 dicas podem ajudá-lo a criar cursos de eLearning de fácil utilização e eliminar os obstáculos comuns ao eLearning.

IDI Instituto de Desenho Instrucional


0 visualização