Tendências eLearning para 2018



Todos os anos em torno desta época, discutimos as tendências do eLearning para o próximo ano. O que há de novo? O que não é? Sobre o que todos estaremos falando no próximo ano?

Estas são as tendências elearning para 2018:

1) Realidade Aumentada (RA) & Realidade Virtual (RV)

Muito se falou sobre RA e RV nos últimos anos, e há muitos indícios de que sua aplicação associada à conteúdos para aprendizagem irá crescer. À medida que os custos diminuíram e a tecnologia melhorou, os problemas antigos foram embora. A capacidade de aprender enquanto faz é promissora para vários públicos, principalmente para os millennials.

2) Gamificação

A Gamificação tem sido abordada de maneira roteira nos últimos anos. Agora, os provedores de educação e formação contínua estão tentando motivar e envolver aprendizes. Distintivos e tabelas de classificação oferecem competição e entusiasmo por um trabalho bem feito. O aprendizado baseado em jogos também está aumentando, pois as organizações procuram envolver e desafiar os alunos. A pesquisa mostra que os alunos retém até 9% mais usando a mecânica do jogo em cursos.

3) LMS Flexível

O LMS está morto! Não, não é! Sim! Não, não é, mas está mudando. Assim, hoje as organizações estão juntando diferentes tipos de sistemas para atender às necessidades de seus alunos. Agora, o LMS é apenas uma peça no quebra-cabeça de plataformas projetadas para oferecer aos alunos e administradores a melhor experiência possível. Portanto, um LMS precisa se integrar com outros sistemas.

4) xAPI

Falando em flexibilidade, o xAPI é uma parte importante desse processo. O xAPI ajuda com integrações e relatórios entre várias plataformas. Isso proporciona às organizações mais controle sobre o conteúdo de aprendizagem também. Com o xAPI, os administradores não precisam se preocupar com a perda de dados entre as plataformas. Por exemplo, um aluno pode iniciar um curso no LMS, continuar em um aplicativo para dispositivos móveis e, em seguida, concluí-lo em um tablet.

O Learning Record Store (LRS) é uma característica importante no xAPI. O LRS destina-se a acompanhar a atividade dentro e fora do LMS. Desta forma, se um aluno completa uma tarefa on-line, assiste a uma sessão ao vivo, ou mesmo tem uma conversa com um mentor ou supervisor, as tarefas podem ser gravadas como declarações de atividades e rastreadas. Isso é importante, uma vez que a personalização está se tornando cada vez mais popular.

5) Personalização

A personalização refere-se ao suporte e ao desenvolvimento de carreira, em vez de apenas tomar um curso geral. A chave para a personalização é criar um plano de desenvolvimento ou uma jornada de aprendizagem para cada pessoa. As competências medem o que o aprendiz já conhece e o que o aluno precisa saber para avançar no seu caminho. Além disso, atividades como reunião com seu mentor, leitura de artigos relacionados e conclusão de tarefas pessoais precisam ser rastreadas dentro do LMS. Conforme mencionado anteriormente, o xAPI é uma parte importante do rastreamento de atividades off-line.

6) Aprendizagem Social

A questão de como compartilhar informações profissionais em toda a organização cria muita discussão. As organizações perguntam se eles simplesmente precisam de um sistema de mensagens ou se o LMS precisa se integrar às mídias sociais? Deve haver fóruns ou discussões em grupo ao vivo em cursos? A resposta tende a ser: todos os itens acima. O LMS mudou da única ferramenta que uma organização precisa, para um pedaço do quebra-cabeça.

7) Microlearning

Microlearning é a palavra-chave que as áreas de T&D mais falam. Na verdade, alguns estão despertando problemas. Por exemplo, isso é uma característica tecnológica ou um meio de ensino de conteúdo? A definição é: microlearning é uma maneira de ensinar e entregar conteúdo para alunos em pequenos pedaços, em partes ou porções menores. Com a atenção diminuindo cada vez mais e a preferência das pessoas pelo conteúdo de aprendizagem de vídeo aumentando, a entrega em partes menores só faz sentido. Estudos mostram que os alunos retem mais quando aprendem aos poucos. Os alunos podem fazer um curso de um dia. Ou eles podem assistir a um vídeo de cinco minutos que ensina uma ou duas coisas que eles vão se lembrar. Uma coisa é certa, a micro-aprendizagem é uma das maiores tendências de eLearning para 2018.

IDI Instituto de Desenho Instrucional


215 visualizações