Obstáculos a Considerar ao Criar Microlearning



Na sua busca por criar uma micro-aprendizagem perfeito, você encontrará muitos obstáculos. Observe nossas advertências para alcançar seu objetivo sem cair em armadilhas.

Veja o que evitar se você deseja criar um microlearning incrível:

O que queremos dizer quando dizemos "microlearning"? Aprender em materiais fragmentados. Mas nenhum curso é dividido arbitrariamente em pequenos pedaços. Consiste em pensar de que forma os aprendizes autônomos acessam os conceitos mais fáceis de entender, lembrar e, portanto, aplicar.

1. Usando Microlearning para tudo?

O Microlearning não é uma solução mágica, que se molde a todo tipo de instrução. Isso não funcionará em todas as situações e, mesmo que fosse você só vai perder tempo e dinheiro em mais um recurso de aprendizagem com o qual as pessoas nem sempre se envolvem.

Se as estratégias e objetivos de aprendizagem alinhados não melhorarem a experiência de aprendizagem e ajudarem a atingir os objetivos da sua organização - não use o ML. É apenas uma boa prática. Antes de tudo pense: o microlearning realmente funcionaria para o seu projeto? Isso beneficiaria o aluno? O material de aprendizagem ficaria, de fato mais coeso? Ou você apenas está escolhendo isso porque está na moda?

Microlearning é simplesmente uma técnica de Design instrucional para resolver uma necessidade específica de acesso rápido e ponto focal de conhecimento. Então, qual é sua necessidade? Qual problema você está tentando resolver? E esta é a melhor solução, ou você deve escolher outro caminho?

2. Diminuindo o aprendizado de fato?

Uma das razões pelas quais as pessoas estão interessadas na micro-aprendizagem é que por que a atenção das pessoas está ficando cada vez mais curta, e, portanto, precisamos produzir interações de aprendizado cada vez mais curtas para que o aluno não perca o foco e a atenção no meio do caminho.

Embora essa idéia de alcance de atenção possa ou não ter qualquer base factual, mesmo que isso aconteça, certamente não devemos estar atrapalhando ao produzir pedaços mais curtos e mais breves de aprendizado. Como atrair a atenção de nossos aprendizes distraídos? Não corremos o risco de diminuir o nosso aprendizado, quando o objetivo é aprimorar nossos alunos?

Não se renda à praga do aprendizado fragmentado tão rápido; produza conteúdos que patrocinem, de fato os seus alunos e que os desafiem e os tornem equipados de conteúdo utilizável.

3. Não deixar as pessoas deixarem o trabalho no trabalho

O Microlearning - particularmente quando é móvel - facilita as pessoas a aprenderem em segmentos de 5 minutos. Se adequa ao trabalhador moderno e ocupado que se vê cheio de e-mails de chamadas para treinar em plataformas.

Mas essa constante e apressada forma de aprender é algo que devemos promover? Talvez seja um estratagema para fazer com que os funcionários participem do treinamento em seu próprio tempo. Devemos promover o treinamento desta forma?

Nesta era moderna, a aprendizagem deve ser vista como parte do trabalho. Ao invés de esperar que os funcionários completem o treinamento enquanto viajam ou à noite, devemos esperar que o façam como parte do dia útil. Deve ser parte integrante da cultura de nossas organizações que as pessoas reservem tempo para aprender enquanto trabalham. O trabalhador sobrecarregado é uma visão muito comum. Vamos criar espaço para que as pessoas aprendam usando o tempo da empresa para que eles possam gastar suas horas livres realmente fora do trabalho.

A solução para nós como designers instrucionais é ser honesto e atento ao que esperamos dos nossos alunos.

4. Pessoas que não juntam aos pontos e não entendem o contexto

Um dos pontos fortes da microlearning é que ele permite que você quebre um conceito ou habilidades em pedaços compreensíveis. Esses pequenos pedaços se construam um no outro, de modo que o aprendiz gradualmente coloca uma compreensão do contexto mais amplo.

Mas, ao fazer isso, há, é claro, o perigo de que as pessoas não se juntem os pontos e entendam o contexto (acredite: há esse profissional). Ao projetar o micro-aprendizado, você deve garantir que você esteja pensando não apenas nas peças individuais, mas também em como elas se relacionam e se acumulam na imagem maior. Como isso fica desenhado numa perspectiva mais ampla? Não é tão simples como fazer um curso existente de duas horas e dividi-lo em 10 vídeos curtos. Você precisa tornar o mais fácil possível para seus alunos colocar as peças juntas; tornando os links claros. Caso contrário, você acaba com aprendizes confusos que não conseguem aplicar o que é mostrado e a aprendizagem torna-se ineficaz. Em termos de busca, você tem alunos que veem as peças de conhecimento claramente, mas não entendem que há um conceito maior a ser entendido ao redor. Desenhe bem, para que seus alunos não apenas saibam o ponto, mas o contexto geral da instrução. E isso se faz bem quando o objetivo de aprendizagem daquele módulo é alcançado.

5. A Tecnologia que mais atrapalha do que ajuda

O microlearning contém a palavra "aprendizado" nela. E esse é o objetivo: que as pessoas aprendam. Mas existe um perigo real de que, como designers instrucionais, esqueçamos esse objetivo principal.

Evite ficar tão atrapalhado na tecnologia, ou na história, ou na estrutura, que você não consiga realmente ensinar algo de valor. Muitos designers pensam no dispositivo e no recurso antes de dar valor ao que realmente importa: o objetivo de aprendizagem ser alcançado. É como se afundar em areia movediça - você vai acabar preso em todos os seus truques chamativos, sem retorno para uma aprendizagem boa e eficaz.

Evite ficar tão atrapalhado nas chamadas e frases curtas de efeito que você vai acabar não ensinando completamente algo. Sim, é 'micro' - mas não deixe que isso o restrinja za ponto de não permitir que esse minuto extra proporcione a explicação correta de um conceito. Ninguém concorda em quanto tempo o microlearning deve ter e a gente recomenda você não ficar muito preocupado com isso.

Você terá sucesso em sua busca para criar microlearning incrível se seguir essas regrinhas de base.

IDI – Instituto de Desenho Instrucional


0 visualização