8 Dicas para Trabalhar com Conteudistas Especialista no E-Learning



Os especialistas no assunto ajudam você a criar conteúdo de e-Learning mais significativo que atinja os resultados desejados. Eles também oferecem uma visão sobre os alunos on-line e o que eles precisam saber para atingir suas metas. No entanto, colaborar com especialistas no assunto pode ser um desafio quando as expectativas são vagas e a comunicação é falha. Aqui estão 8 dicas para trabalhar com especialistas no assunto no e-learning.

1. Definir expectativas e papéis

Cada membro do seu grupo deve saber o que esperar, o que é esperado deles, bem como o papel que eles desempenham na dinâmica da equipe. O especialista no assunto não é uma exceção. Reúna-se com sua equipe e esclareça suas responsabilidades de trabalho e o escopo do projeto eLearning. Você também deve dizer-lhes exatamente como eles se encaixam no grande esquema das coisas. Por exemplo, espera-se que eles restrinjam as principais conclusões e colaborem com o redator da equipe para formular o conteúdo do eLearning. Em alguns casos, eles podem até ser convidados a criar o conteúdo baseado em texto. Por fim, conscientizá-los das metas do projeto para que possam concentrar seus esforços.

2. Abra as linhas de comunicação

Deve haver comunicação fluente entre sua equipe de eLearning e o especialista no assunto. Eles devem se sentir confortáveis ​​expressando suas opiniões e preocupações. Da mesma forma, sua equipe deve ser capaz de fornecer feedback ao especialista para melhorar a qualidade do conteúdo do eLearning. Crie diretrizes de comunicação que destacam os métodos de contato e frequência preferidos. Por exemplo, todas as semanas, o especialista no assunto deve compartilhar notas com membros específicos da equipe de eLearning por e-mail. Também deve haver protocolos para resolver quaisquer conflitos que possam surgir.

3. Convide seu especialista no assunto para reuniões de equipe

Seu especialista no assunto precisa ser um membro ativo da equipe de eLearning. Assim, você deve convidá-los para reuniões importantes que afetam suas tarefas de trabalho. Por exemplo, o cliente altera os objetivos ou expande o escopo do projeto eLearning. As reuniões também dão aos membros da equipe a oportunidade de compartilhar seus pensamentos e idéias regularmente. Considere uma ferramenta de videoconferência e uma plataforma para manter todos no circuito. É uma boa ideia agendar pelo menos uma ou duas reuniões com antecedência para acomodar a agenda de todos. Além disso, tente gravar a sessão para que aqueles que não puderem participar ainda recebam as atualizações necessárias.

4. Bem-vindo seu feedback

Algumas pessoas podem hesitar em oferecer o seu feedback sem serem solicitadas. No entanto, esta entrada pode ser valiosa e pode melhorar a eficácia do seu curso de eLearning. Assegure-se de que seu Especialista saiba que você respeita a opinião e agradece o feedback deles. Você pode até mesmo pedir sua opinião diretamente sobre questões específicas de design do curso. Ou realize uma pesquisa no final do projeto eLearning para ver como você pode melhorar a colaboração da equipe.

5. Reconheça seus esforços

Todo mundo precisa de um tapinha nas costas de vez em quando. Especialmente quando investiram uma quantidade significativa de tempo e esforço para criar conteúdo de eLearning de primeira qualidade. Como tal, deve reconhecer o trabalho árduo das suas equipes e elogiá-las pela sua dedicação ao projeto eLearning. Um pouco de respeito vai longe quando você está tentando formar uma parceria de sucesso. Consistentemente negligenciar seus esforços pode fazê-los sentir menosprezados ou ignorados. Mesmo algo tão simples como um e-mail de agradecimento pela atuação durante uma reunião de equipe pode ser suficiente.

6. Dê-lhes uma breve visão geral do processo de desenvolvimento do curso

Fornecer aos especialistas no assunto uma visão geral do processo de design e desenvolvimento do curso de eLearning para que eles entendam seu papel de forma mais eficaz. Isso também permite que eles tenham uma noção melhor de todo o trabalho envolvido na criação de materiais de treinamento on-line de alta qualidade. Esta é uma dica particularmente útil para as equipes mais novas que não têm experiência anterior na indústria de e-learning. Você também pode apresentá-los a cada membro da equipe de eLearning individualmente e esclarecer seus respectivos papéis e responsabilidades.

7. Defina Marcos e Metas Realistas

Muitas equipes trabalham em vários projetos de uma só vez. Portanto, você precisa definir marcos realistas que acomodem suas agendas lotadas, bem como metas que possam dividir em subtarefas e atribuições. Por exemplo, eles precisam entregar o conteúdo de eLearning para o primeiro módulo dentro de duas semanas. Ou forneça suas anotações para o storyboard do eLearning antes de iniciar oficialmente o processo de design do curso de eLearning. Também é aconselhável obter sua opinião sobre os marcos, pois eles estão mais conscientes de suas limitações de agendamento.

8. Acompanhamento após a conclusão do projeto eLearning

Entre em contato com seu especialista no assunto após o fato e pergunte como ele se sentiu em relação à experiência geral. Eles se sentiram como um membro valioso da equipe de eLearning? Eles estavam confortáveis ​​em expressar suas opiniões? Você definiu claramente os objetivos, resultados e escopo do projeto de eLearning de antemão? A coleta dessas informações serve a dois propósitos importantes: Primeiro, é mais provável que o especialista no assunto trabalhe novamente com sua equipe de eLearning se souberem que sua contribuição é importante. Eles vão apreciar o fato de que você está seguindo para finalizar o projeto de eLearning com uma nota alta. Em segundo lugar, dá-lhe o feedback necessário para melhorar as suas práticas de trabalho no futuro, especialmente quando trabalha com equipes.

Estas 8 dicas podem ajudá-lo a promover uma parceria de sucesso com as suas equipes. Todos podem oferecer sua contribuição e trabalhar juntos para criar experiências de e-learning mais eficazes. Além disso, você pode ter certeza de que o especialista no assunto estará lá para oferecer seus conhecimentos para futuros projetos de e-learning, o que poupa o tempo e o trabalho de investigar outros candidatos para o cargo.

Quer saber mais sobre Design de Conteúdos Didaticos Digitais? Clique aqui.

IDI Instituto de Desenho Instrucional


0 visualização