Como Learning Analytics está Influenciando a Prática e o Desenvolvimento do E-Learning?



Você já parou para pensar sobre como as formas que a análise de dados está influenciando o e-Learning? E a prática da docência virtualizada?

A análise de dados está influenciando nossa vida cotidiana. Independentemente de qualquer nicho em particular, a análise de dados provou ser um dos fatores significativos na determinação de curvaturas de crescimento e desenvolvimento.

Em tempos de design de cursos personalizados às necessidade de cada aluno, em tempos de lifelong learniing (aprendizado para toda a vida), não dá pra negar que os dados são uma parte indispensável dos sistemas corporativos e acadêmicos.

A partir de agora será dada cada vez mais importância às análises, pesquisas, relatórios e comentários durante os programas escolares e corporativos de treinamentos. E para perceber os potenciais das declarações acima, o modo como usar a análise destes dados é que vai fazer você perceber a importância deste recurso.

Como os dados analíticos afetaram a educação on-line?

No final, a indústria de formação online tornou-se uma formidável plataforma de aprendizagem, graças a formas mais avançadas de rastreamento, análise e geração de relatórios de conteúdo. Com as drásticas modificações que ocorrem no ambiente educacional, a educação online está gritando sua presença notável em plataformas variadas. Se é um curso de gestão regular ou um curso de graduação profissional, a acessibilidade e facilidade de encontrar tudo na internet melhorou os fundamentos da aprendizagem virtualizada.

Seguindo as tendências recentes, vários institutos e universidades de ensino antigos e novos já lançaram mão da educação a distância. O fator motivador por sua crescente popularidade é a aceitação em massa desses cursos pelos alunos. A liberdade de aprender de qualquer lugar, em qualquer momento é em si um grande benefício - e, por isso, uma porcentagem consideravelmente maior de estudantes está optando por cursos on-line a cada ano.

Que tipo de dados educacionais agora estão sendo coletados e minerados?

Por muito tempo, as escolas e as universidades acompanharam os dados do aluno de forma expansiva - que incluem localização, preocupações com a saúde, notas, atendimento, atividades de aprendizagem, dados socioeconômicos, etc. Mas, infelizmente, a maioria dos institutos não fez nada com essa riqueza de informações, além de criar um relatório de perfil institucional anual.

Hoje, a exuberante externalização da atividade de aprendizagem impulsionou os horizontes da aprendizagem online. Por exemplo, estruturas de gerenciamento de aprendizado eficientes, como o Moodle por exemplo, dispõe de uma quantidade substancial de dados - relacionados ao número de logins, tempo gasto em um recurso, freqüência de posts e assim por diante. A natureza desses dados é bastante semelhante ao Google Analytics, pelo menos em relação ao tráfego do site.

A tendência é que essas empresas que desenvolvem plataformas e sistemas de gerenciamento educacional tornem a investir quantias substanciais de receita em prol do aluno usando, por exemplo, até mesmo a inteligência artificial. Inclusive há quem defenda o uso de tutores-robôs. Mas isso é outra história...vamos voltar ao reciocínio do learning analytics e do porque é importante usarmos esse recurso.

Uma nova geração de ferramentas chega até mesmo à implementar esses dados para avaliar as fases de conectividade, redes sociais e alunos avançados. As ferramentas de análise do discurso também são ótimas - muitíssimo eficazes na classificação dos atributos qualitativos de cada aluno.

Em uma escala maior, acreditamos que os alunos e os educadores, ambos deveriam ter acesso ao mesmo painel de controle. Inegavelmente, a análise é uma poderosa ferramenta de aprendizado - mas, é ao utilizá-la de maneira correta, que você poderá atingir os máximo benefício que ela oferece. Se a análise e os dados precisam ser aproveitados para uma melhor tomada de decisão associada ao ensino e à aprendizagem, devemos perceber quais são os fundamentos robustos desenvolvidos pelas políticas e frameworks que criamos com a análise de dados.

Quais tecnologias de demanda são necessárias para o uso do Learning Analytics?

Para aprender sobre a análise de dados de aprendizagem, você precisa orientar o desenvolvimento da web como um todo - como a análise de rede, o uso de conteúdos confiáveis, a personalização e os sistemas de recomendação. Neste ponto, estamos de acordo com um ponto de limiar interesse onde o aprendizado de máquina, inteligência artificial, reconhecimento de linguagem, redes neurais e conceitos associados, juntamente com serviços das redes sociais, aprendizado recíproco e planejamento de estratégia de conteúdo, estão se tornando os “queridinhos” da hora.

Mas como ficam as oportunidades futuras para quem atua como docente ou cria e-learning?

De acordo com os relatórios de mercado, é de se esperar que, nos próximos 5 anos, o mercado de análise de dados cresça mais de 50%. Além disso, a pesquisa diz que as instituições corporativas cada vez mais tendem a investir pesado no formato de aprendizado online e, para confirmar o mercado de educação em constante expansão: os alunos estão confiando em plataformas de aprendizado online ao invés de utilizar métodos convencionais para se qualificar e obter mais conhecimentos.

Hoje é inviável uma escola ou empresa investir apenas no profissional presencial. Já há um movimento de adaptação do uso de ferramentas e plataformas , que integram-se com o uso da inteligência artificial para gerar conhecimento e aprendizado personalizado com as necessidades deste aluno e de “lambuja” ainda permite que estes alunos tenham contato em tempo real com tutores-robôs para atendimento rápido às questões que o aluno sente necessidade de resposta naquele momento. E para que esse robe seja “alimentado”de forma correta, é a prática learning analytics que entra em ação.

Para ser altamente eficaz, as soluções de eLearning devem ser monitoradas e monitoradas de forma contínua - alguns alunos, por exemplo, podem avançar rapidamente os vídeos para descobrir as respostas muito rápido, enquanto outros podem preferir entrar em uma xícara de café antes de abordar o diretório do curso.

Apesar de possuir um enorme potencial, aprender o learning analytics não é uma tarefa fácil. O acesso a dados e a questão da privacidade ainda são uma preocupação. Lidar com conceitos de programação também. Existem, também, questões que dizem respeito a materiais de estudo propensos a erros em análises. Professores desqualificados para uso de dados, e por fim a incapacidade da instituição em perceber a necessidade crescente do uso de dados para melhoria da condição de acesso ao conhecimento.

No entanto, a prática do Learning Analytics é importante para que transforme o conteúdo de um curso nítido e atualizado, manter registros corretos e ajudar o docente à trabalhar de acordo com evidências e competências. As idéias são claras - o papel da análise de dados no eLearning é obrigado para aumentar o significado da educação online e estimular maior crescimento e rentabilidade no ramo corporativo.

IDI – Instituto de Desenho Instrucional


28 visualizações