6 Dicas para Usar Grupos do Linkedin para Treinamentos



Pense em Grupos do LinkedIn como um espaço de encontro onde pode-se interagir e colaborar livremente. A cada membro é oferecido a oportunidade de participar em discussões on-line, dar e receber feedback e compartilhar dicas. Ao contrário de muitos outros sites de mídia social, como o Facebook e o Twitter, o LinkedIn é principalmente para profissionais. Assim, é a plataforma de mídia social perfeita para eLearning corporativo. Os aprendizes corporativos de todo o mundo podem reunir experiência e sabedoria de seus pares e obter acesso a valiosos recursos de treinamento on-line. Aqui estão 7 dicas úteis para usar o LinkedIn Groups em sua estratégia de eLearning corporativa.

1. Criar grupos de LinkedIn para cada assunto

A discussão pode “esfriar” se você não se concentrar em um tópico específico. Por exemplo, um grupo de LinkedIn generalizado pode abranger tudo, desde as habilidades de atendimento ao cliente até o treinamento de gerenciamento. É por isso que é essencial ter um grupo privado separado para cada assunto. Criar uma lista de tópicos que você gostaria de cobrir e, em seguida, determinar se cada categoria pode ficar por conta própria. Existem sub-tópicos suficientes que você pode discutir? Você pode desenvolver atividades de treinamento on-line em grupo com base em idéias ou conceitos relacionados? O assunto deve ser bastante amplo para levar uma discussão on linde de maneira ativa. Depois de ter o seu grupo LinkedIn, crie uma lista de convidados e envie as notificações.

2. Escolha palavras-chave com sabedoria

As palavras-chave aumentam a visibilidade do seu Grupo LinkedIn . Se você quiser atrair novos alunos corporativos e incentivá-los a participar, você deve escolher as palavras-chave com sabedoria. Os alunos corporativos têm a capacidade de pesquisar grupos do LinkedIn por uma ampla gama de critérios, incluindo localização, interesses e organização. No entanto, eles também podem digitar palavras-chave que são apresentadas em títulos de grupo e descrições. Por exemplo, um aluno corporativo que está à procura de um grupo de treinamento on-line de vendas pode digitar "habilidades de negociação" ou "técnicas de vendas". Para encontrar os termos e frases adequadas, coloque-se no papel do aluno que você quer atrair. Que habilidades ou traços estão procurando? Como o seu grupo do LinkedIn se destaca da multidão?

3. Desenvolver Diretrizes do Grupo

Os aprendizes corporativos devem se sentir completamente confiantes quando participam de discussões on-line. Eles devem ser capazes de compartilhar seus pensamentos e opiniões sem se preocupar em ser julgado. Como moderador do grupo do LinkedIn, é sua responsabilidade definir o tom e facilitar a comunicação aberta. Isso geralmente envolve uma netiqueta que deixe clara as regras e expectativas. Se possível, envolva seus alunos corporativos no processo para que eles possam compartilhar.

4. Oferecer recursos valiosos aos membros do grupo

Como é o caso de todas as coisas no eLearning, os membros do grupo querem saber como vão se beneficiar. Você deve oferecer-lhes algum incentivo para garantir participação efetiva. Isso pode vir na forma de artigos úteis, dicas e recursos úteis de treinamento on-line. Eles devem ter acesso exclusivo ao conteúdo de treinamento on-line que não está disponível para os não-membros. Por exemplo, depois de hospedar um webinar interativo, você pode postar um link da gravação na sua página de grupo do LinkedIn. Isso dá aos membros a capacidade de reavaliar a apresentação on-line para melhorar sua compreensão.

5. Incentivar a revisão e o comentário dos pares

Uma vez que estamos no tema da colaboração online do grupo, os grupos do LinkedIn também são ideais para a revisão por pares e feedback. Apenas os membros do grupo LinkedIn poderão ver os comentários. Assim, eles podem se sentir livres para expressar suas opiniões e idéias em um ambiente de apoio. Esta é mais uma razão por que diretrizes de grupo são tão essenciais. As regras ajudam a garantir que todos estejam na mesma página no que diz respeito à etiqueta do grupo e aos comentários com base em pares.

6. Use as postagens de blog para estimular o debate

Muitas pessoas desconhecem o fato de que o LinkedIn agora possui a integração de posts no blog. Os usuários podem criar postagens de blog diretamente em suas páginas de perfil. Como tal, você é capaz de criar posts de grupo para iniciar discussões on-line e animar os debates. Tente manter seus posts curtos e sucintos para que os membros possam rapidamente ler a proposta ou pergunta e, em seguida, refletir sobre o tema. Incentive-os a compartilhar sua perspectiva ou fornecer uma resposta à pergunta. As postagens no blog também podem incluir links para sites externos e vídeos de e-Learning que servem como iniciadores de discussão. Por exemplo, um artigo que explora um tema controverso, dentro da razão, ou destaca uma tendência relevante.

Os grupos LinkedIn se encaixam perfeitamente em qualquer estratégia de treinamento on-line. E você pode usar estas 6 dicas para construir prósperas comunidades de aprendizagem on-line.

IDI Instituto de Desenho Instrucional

#aprendizagemsocial #aprendizagemlinkedin

0 visualização