30 Maneiras de Motivar os Alunos Adultos



A motivação é a força que leva as pessoas a satisfazer uma necessidade. Se você puder aproveitar a motivação intrínseca de um aluno - em que um indivíduo é recompensado pelo aprendizado em si ou por um objetivo interno - você o faz. Mas, tanto no ambiente de trabalho quanto no acadêmico, as pessoas geralmente não são motivadas porque precisam fazer cursos nos quais não têm interesse.

Isso coloca designers e desenvolvedores de produtos de aprendizagem em uma posição difícil. Precisamos trabalhar duro para criar experiências que envolvam e motivem o público. Aqui estão algumas estratégias que você pode usar para motivar os alunos adultos, com base em suas características.

01) Crie experiências de aprendizagem úteis e relevantes.

Alunos adultos apreciam a relevância imediata. É um grande incentivo quando o treinamento é imediatamente valioso e útil para o trabalho ou a vida pessoal.

02) Concentre-se em conhecimentos práticos e habilidades.

Relacionado à estratégia acima, tente se concentrar no desempenho do local de trabalho (ou vida real), e não em fatos e teorias estranhas.

03) Forneça opções.

Os adultos geralmente gostam de escolhas que promovem a autodireção. Quando possível, permita que os alunos escolham os cursos que farão dentro de um currículo ou categoria de assunto. Mesmo que você forneça uma ordem sugerida, permita que os alunos tenham aulas em uma sequência que funcione para eles.

04) Facilite a exploração.

Forneça recursos, referências, vídeos e podcasts para criar um ambiente ideal para exploração pessoal. Os adultos têm uma amplitude de experiência. Exploração fornece uma oportunidade para construir conhecimento de uma forma que seja significativa para cada aluno.

05) Construa comunidades através de tecnologias sociais para aprender.

Implemente uma estratégia de mídia social como parte de uma experiência de aprendizado. Use aplicativos e serviços de redes sociais para criar grupos com interesse ou meta comuns. Compartilhar conhecimentos e experiências através de redes informais é uma maneira motivadora e natural de aprender.

06) Acomodar as interações do grupo.

Proporcionar oportunidades de discussão em grupo, colaboração e resolução de problemas em grupo.

07) Ativar o teste.

Permitir que os alunos testem os cursos para os quais eles conhecem o conteúdo.

08) Crie aprendizado ativo.

Como regra geral, a maioria dos alunos é motivada por eventos de aprendizagem ativos e envolventes em relação aos passivos. Você encontrará estratégias específicas para tornar o aprendizado ativo nessa lista.

09) Coloque um rosto nele.

Quando estiver de acordo com seus objetivos, deixe os alunos saberem que há uma pessoa real por trás de um curso de aprendizado on-line. Forneça oportunidades para que esse especialista interaja com o público por meio de sessões de perguntas e respostas ao vivo ou on-line.

10) Desafio através de jogos e seduzir com ambientes imersivos.

Quando os membros da sua audiência estão envolvidos no desafio de um jogoou estão focados na resolução de problemas em um ambiente virtual, o aprendizado se torna um aspecto incidental de ganhar ou encontrar soluções. Embora isso geralmente exija um orçamento maior do que outras estratégias, procure jogos pré-programados que funcionem com o conjunto de ferramentas.

11) Use um personagem espirituoso.

O humor é uma ótima maneira de manter os alunos motivados. Use personagens humorísticos que reflitam situações e personalidades familiares para despertar interesse.

12) Opte por Microlearning.

Crie experiências de aprendizado que podem ser dominadas em pequenos segmentos de tempo. Facilite o acesso dos alunos a objetos de aprendizagem individuais para respostas just-in-time.

13) Informação do pedaço.

Outra razão para organizar as informações em pequenos pedaços é criar confiança, o que é motivador. Pequenos pedaços de informação são mais fáceis de processar, compreender e reter do que grandes blocos.

14) Adicione uma dose de suspense.

Não dê tudo de primeira. Faça os alunos quererem descobrir mais, começando com um cenário de suspense que os alunos precisam resolver. O mistério é um grande motivador.

15) Use tratamentos criativos.

Muitos cursos on-line podem ser ligados a um tema, uma apresentação dramática, uma narrativa convincente ou uma metáfora incomum que pode ser realizada através da instrução. Isso acrescenta novidade e interesse, que são forças motivadoras na aprendizagem.

16) Individualize o aprendizado.

Durante eventos interativos, use feedback sensível ao contexto para uma resposta mais precisa à entrada do aluno. Melhor ainda é se você puder fornecer vários caminhos por meio de um curso para que os alunos sejam guiados pelas escolhas que fazem. Esse tipo de individualização pode ajudar uma pessoa a construir estruturas precisas de conhecimento, o que melhora a competência e a confiança.

17) Acomodar interesses individuais e objetivos de carreira.

Cada aluno é um indivíduo único com seus próprios objetivos. Capacitar uma pessoa para trabalhar em direção a essas metas por meio de treinamento é um poderoso incentivo para aprender.

18) Estimule a mente.

Faça perguntas instigantes e ofereça problemas que não tenham uma resposta correta. Desafie os alunos a pensar em exceções a uma regra ou questionar a sabedoria convencional. Os alunos apreciam quando você respeita a inteligência deles.

19) Deixe a aprendizagem ocorrer através de erros.

Em nossa vida cotidiana, aprendemos com nossos erros. Podemos simular isso em experiências de aprendizado estruturado, oferecendo feedback sensível ao contexto durante jogos, análises e testes.

20) Ofereça recursos just-in-time.

Ninguém pode reter todo o conteúdo de um curso. Forneça aos alunos ajudas de trabalho, sistemas de suporte on-line, como wikis e tecnologias de microblog, para obter suporte just-in-time no local de trabalho.

21) Fique emotivo.

Quando você toca na dimensão emocional do seu público, você pode deixá-los fisgados e engajados. Adicione histórias realistas, refira-se às memórias queridas de um indivíduo ou diga algo controverso. Faça o que for preciso para envolver o público emocionalmente.

22) Encoraje a aprendizagem de domínio.

Ajude os alunos a adquirirem confiança e competência à medida que aprendem. Certifique-se de que os cursos estejam no nível certo para cada aluno. Proporcione oportunidades para as pessoas retomarem os cursos até que tenham dominado o conteúdo. Fornecer atividades práticas no mundo real. Certifique-se de que a correção apresenta o conteúdo de uma nova maneira.

23) Torne isso visualmente atraente.

Pode ser difícil fazer com que um curso pareça ter sido produzido por especialistas em 3D, mas existem maneiras de baixo orçamento para torná-lo esteticamente atraente. As pessoas são programadas para fotos, então use recursos visuais para motivar seu público.

24) Simule o local de trabalho.

Tire suas sugestões do local de trabalho. Descubra os problemas ou dificuldades que seu público está enfrentando e baseie cenários e pratique atividades em experiências do mundo real. Isso torna o aprendizado significativo.

25) Respeite o público.

Deixe seu público saber porque é importante fazer um curso específico. Evite um tom cínico ou condescendente e valorize os alunos.

26) Faça os alunos criarem organizadores gráficos.

Incentive os alunos a representarem visualmente o conteúdo que estão aprendendo. Isso pode mantê-los engajados e ajudá-los a estruturar seus novos conhecimentos para fácil recuperação no futuro.

27) Use bons princípios de design.

Certifique-se de que seus cursos on-line sejam legíveis usando uma fonteque possa ser lida por adultos de todas as idades. Assegure-se de que o texto gráfico também possa ser lido com facilidade. Mantenha a tela livre de desordem. É desmotivador lutar por um curso por questões de legibilidade ou design.

28) Peça feedback.

Encontre uma maneira de permitir que seu público contribua para um curso. Deixe-os saber que podem fornecer feedback para ajudá-lo a melhorá-lo. Isso pode ajudar alguns alunos a comprar o programa.

29) Apresentar os benefícios.

Às vezes, motivar os alunos é tão simples quanto apresentar os benefícios de um curso. “Este curso ajudará você a se tornar mais produtivo com seu tempo, provavelmente economizando 20 minutos por dia. Em um ano, isso soma 121 horas! ”

30) Crie uma experiência, não apenas um curso.

O que você pode fazer para tornar um curso inesquecível? Crie uma experiência de aprendizado on-line e off-line. Comercialize seu curso para o público para criar burburinho, conseguir o apoio de pessoas-chave, organizar um evento relacionado, incorporar atividades sofisticadas para aprimorar o aprendizado, fornecer suporte pessoal para aqueles que têm dificuldades e fornecer acompanhamento.

Quais estratégias você usa para motivar os alunos adultos?

IDI Instituto de Desenho Instrucional

#motivação #motivaçãoeducacional #técnicasdeengajamento #engajamento #engajamentoead #andragogia

0 visualização