5 Dicas para Criar Experiências de Aprendizagem Baseada em Cenários


O pensamento crítico e a resolução de problemas são habilidades necessárias na maioria das organizações. Essas habilidades são melhores desenvolvidas colocando os funcionários em cenários da vida real para que eles possam experimentar o que acontece quando enfrentam um problema no trabalho. A aprendizagem baseada em cenários é um princípio que pode ser usado no e-learning corporativo, concentrando-se mais no contexto do que no conteúdo, criando problemas complexos da vida real que exigem uma mente analítica e habilidades de julgamento rápido para resolver. Entende-se que as pessoas aprendem melhor quando aplicam uma habilidade em cenários que a exigem, e é disso que a aprendizagem baseada em cenários busca tirar proveito.


Ao criar um curso de eLearning baseado em cenários, deve-se usar cenários não lineares e que os parâmetros geralmente mudam dependendo das respostas dos alunos. Mas antes de começar a criar esse curso, você deve se certificar de que está devidamente equipado. Tome nota dos seguintes pontos.


- O desenvolvimento de habilidades de resolução de problemas deve ser o foco principal do treinamento.

- Os exemplos de treinamento baseados em cenários devem poder ser simulados em um ambiente controlado.

- Os alunos / funcionários devem ter pelo menos as habilidades básicas para ajudá-los a resolver os cenários.

- A organização deve estar pronta para investir nos recursos necessários para criar e implementar uma abordagem baseada em cenário, ou seja, tempo, orçamento e esforço.

- As habilidades e o conteúdo necessários devem permanecer relevantes por tempo suficiente para que a abordagem baseada em cenário seja bem-sucedida.


Mantendo esses pontos em mente, vamos agora dar uma olhada nas dicas que ajudarão você a criar um curso baseado em cenário eficaz.


1. Planeje um término antecipado

Deve haver um resultado final e preferível de cada cenário. É claro que pode haver vários finais corretos, mas eles também devem ser planejados com antecedência, e cada caminho cuidadosamente pensado. Cada resultado deve corresponder aos objetivos de aprendizagem do curso. Uma maneira eficaz de planejar os finais é começar com o resultado e, em seguida, trabalhar até o começo.


2. Determinar o mix de conteúdo

Como os cenários serão apresentados em seu curso? Bem, é aconselhável que cenários sejam feitos o mais real possível, para que imagens, vídeos e interatividades sejam obviamente incluídos. Você também pode incluir recursos como artigos, fóruns e canais para compartilhamento. Além disso, o treinamento pode exigir que seja complementado com o bom e tradicional treinamento em sala de aula, por vezes, e, portanto, um modelo de aprendizagem combinada, hibrida também deve ser considerado para fornecer o aprendizado baseado em cenário.


3. Tome cuidado ao escolher um tópico

Se você ainda não trabalhou com aprendizado baseado em cenários, logo descobrirá que criar cenários reais ou realísticos que funcionem bem no treinamento (e-Learning ou não) não é uma tarefa fácil. Cuidado para não desenhar cenários simplificados demais. Se você for fazer isso, você também deve abster-se de usar a aprendizagem baseada em cenários. Seus cenários devem conduzir o empregado / aluno a usar seus poderes críticos, analíticos, de julgamento e avaliação. Tenha um designer instrucional para ajudar você a criar cenários significativos para formação e que encorajem os funcionários / alunos a pensar fora da caixa e colocar-se no meio do cenário antes de tomar qualquer ação.


4. Storyboard: cada caminho de forma detalhada

Cada curso baseado em cenário começa com uma declaração de problema. Encontrar a solução para o problema é o principal motivo de um curso baseado em cenário. É após a declaração do problema que o curso se ramifica em vários caminhos, dependendo das escolhas que o aluno faz. Certifique-se de fornecer um esboço detalhado do que acontece em cada fase, enquanto o storyboard do curso. Dessa forma, você pode acompanhar não apenas o fluxo do curso, mas também garantir transições suaves entre diferentes cenários.


5. Ajudar os especialistas no assunto (SMEs) e outros profissionais experientes

Os especialistas garantem que o conteúdo apresentado no curso seja preciso, relevante e realista. Esses profissionais são especialmente importantes ao projetar um curso baseado em cenário, para que ele seja o mais próximo possível da realidade e, de preferência, baseado em ocorrências reais. Você também pode contar com a ajuda de profissionais experientes, como gerentes, líderes de equipe e outros membros seniores da organização, pois eles experimentaram muitas situações que você pode simular em seu curso.


IDI Instituto de Desenho Instrucional


#aprendizagembaseadaemcenarios #imersão #ambientesimersos #desenhoinstrucional #ead

61 visualizações