6 Etapas da Adoção do xAPI pelos Designers Instrucionais


O xAPi permite que os designers instrucionais aproveitem a explosão de smartphones e tablets, fornecendo a capacidade de rastrear atividades de aprendizado móvel baseadas em navegador ou aplicativo móvel, incluindo eBooks, realidade aumentada, mídia social e suporte a desempenho.

O xAPi apresenta um novo paradigma para rastrear e registrar dados relacionados à aprendizagem. rastreia os alunos à medida que realizam tarefas de trabalho, produzem resultados de trabalho, se comunicam, colaboram e se envolvem em praticamente qualquer outra atividade online. Os seguintes objetivos e requisitos, identificados pela comunidade eLearning, foram os principais fatores para o desenvolvimento do xAPi.


A experiência APi deve:


  • Suportar uma variedade de tipos de conteúdo. As experiências de aprendizado estão acontecendo em todos os lugares e os padrões para acompanhar o aprendizado não devem se limitar ao treinamento individualizado.

  • Ser mais fácil de implementar do que o SCORM e outros padrões de eLearning.

  • Permitir cenários offline ou desconectados.

  • Fornecer um método para rastrear o aprendizado que envolva atividades que ocorrem em várias plataformas e dispositivos.

  • Melhorar o acesso aos dados em tempo de execução. Os alunos e os sistemas podem compartilhar dados de desempenho do aluno fora do LMS e com outros aplicativos.

  • Registrar experiências de aprendizado que não se limitam aos navegadores de desktop. z Suporte a cenários de aprendizado baseados em equipe.

O papel do Designer Instrucional?


A primeira coisa a saber como designer instrucional que implementa o xAPi é que sua função permanece a mesma. Você ainda é um designer de experiências de aprendizado e, com a flexibilidade do xAPi, seus designs podem ter a forma que você desejar. Como sempre, ainda ajuda a conhecer os limites e as oportunidades da tecnologia com a qual você está lidando, e esperamos que este relatório tenha lhe dado uma base sólida.


Como designer instrucional, você provavelmente não será responsável por programar instruções xAPi, que envolvem o uso de JavaScript Object Notation (JSON). Seu programador, ou as ferramentas que você está usando, cuidará disso para você. No entanto, familiarizar-se o suficiente com os fundamentos técnicos do xAPi ajudará você a se comunicar efetivamente com seu programador. se você estiver interessado, pode aprender a ler, entender e até escrever as instruções xAPi.


A adoção organizacional do xAPI envolve seis etapas:

  1. Considere como o xAPi se encaixa na estratégia de aprendizado da sua organização.

  2. Defina critérios para quando usar o xAPi.

  3. Pesquise e adquira ferramentas para ajudar sua organização a implementar o xAPi.

  4. Desenvolva as habilidades de sua equipe.

  5. Identificar um projeto piloto xAPi. Vi. Prossiga iterativamente.

Experimente a adoção da API por um designer instrucional individual envolve sete etapas:

  1. Aprenda a usar o xAPi.

  2. Trabalhe com ferramentas que suportam o xAPi.

  3. Crie soluções "prontas para uso".

  4. Identifique as informações da experiência de aprendizado a serem coletadas.

  5. Use vocabulários controlados.

  6. Desenvolver e testar protótipos

  7. Transforme protótipos em produtos.

Acredito que você, como Designer Instrucional deverá buscar o conhecimento necessário para dominar mais essa competência. O motivo desta necessidade é que entramos na Era dos Dados e daqui pra diante seremos cada vez mais requisitados a assumir projetos que envolvem integração de sistemas em plataformas inovadoras. Como é o designer instrucional responsável por implementar programas curriculares é preciso que aja em concordância com a necessidade do mercado. Analisar dados já é um assunto passado.


IDI - Instituto de Desenho Instrucional


#EaD #projetoselearning #desenhoinstrucional #designinstrucional #desenhoeducacional #ead #elearning #cursosonline #treinamentosonline #treinamento #desenvolvimento #conteudosead #experienciasdeaprendizagem #rh #dho #EducaçãoCorporativa #Aprendizagem #GestãoDePessoas #UserExperience #GestãoDoConhecimento #professor #professora #professores #professoras

0 visualização