8 Dicas para Iniciar seu Canal de eLearning no YouTube



Com os usuários e o tempo de exibição aumentando ano a ano, os vídeos do YouTube podem ser uma ferramenta poderosa para contar sua história e divulgar sua mensagem. Especialmente no mundo do eLearning, onde muitos produtos e ferramentas são fortemente baseados em visual.

Basta fazer uma pesquisa rápida e você descobrirá que dicas, informações e conselhos sobre o e-Learning são um nicho muito carente no YouTube. Existem alguns bons canais por aí. Mas com uma estratégia controlada e um pouco de planejamento, há um excedente de oportunidades para aumentar sua marca de e-Learning no YouTube.

Mas, assim como qualquer empreendimento, o lançamento de um canal no YouTube é uma tarefa desafiadora que requer planejamento cuidadoso e atenção contínua.

Antes de começar, confira estas oito dicas:

1. Pergunte a si mesmo: "Por quê?"

Por que você quer criar um canal no YouTube? É para crescer o seu negócio? É para vender seus próprios serviços de eLearning ? É porque você vê uma lacuna nas informações de eLearning disponíveis?

Criar um canal de sucesso no YouTube leva anos de trabalho contínuo. Antes de começar a gravar seus vídeos, é importante saber como um canal do YouTube se encaixa em suas metas profissionais maiores. Anote suas razões em um pedaço de papel e veja se suas razões se alinham.

Depois de passar por este exercício, você pode descobrir que o YouTube não é o melhor método para compartilhar sua mensagem. Ou talvez você ache que é o ajuste perfeito.

2. Faça sua pesquisa para aprimorar em um nicho de foco

Ok, você decidiu começar seu canal no YouTube. Agora é hora de fazer sua pesquisa e determinar uma área de foco. Às vezes isso pode ser a parte mais desafiadora. Como a maioria das estratégias de marketing, direcionar uma área de nicho será mais impactante a longo prazo.

O objetivo aqui é encontrar a interseção entre sua experiência e informações ausentes que atualmente não estão disponíveis no YouTube.

Se você não sabe por onde começar, pergunte a si mesmo:

"Se eu fosse um profissional de eLearning procurando aprender novas informações, dicas ou conselhos, o que eu gostaria de saber?"

Anote sua lista de ideias. Ao se colocar na mente do aluno, você poderá facilmente debater uma lista sólida de ideias criativas de vídeo para seu novo canal.

3. Sempre adicionar valor

Isso é difícil de lembrar, mas seus vídeos do YouTube não são sobre você. Eles são sobre o seu público.

Ao criar qualquer tipo de conteúdo nas mídias sociais, é uma boa prática sempre considerar a proposta de valor para o público. A informação que você está fornecendo é verdadeiramente valiosa? As pessoas querem assistir?

4. Crie um plano de conteúdo

Uma boa maneira de garantir que você esteja sempre agregando valor é ter um plano de conteúdo. Isso pode ser tão simples quanto um arquivo do Excel ou uma planilha do Google.

Comece com ideias para você se debater. Lembre-se de que você é o especialista e tem muito conhecimento valioso para compartilhar. Faça uma lista dessas ideias. Em seguida, atribua as datas de conclusão a cada uma delas.

Para dar um passo adiante, você também pode fazer pesquisa de palavras-chave em sua área. Esse processo permitirá que você veja quais termos as pessoas estão pesquisando e ajudará você a criar vídeos que ninguém mais está criando.

5. Fique na marca

Assim como qualquer empresa, a marca no YouTube é fundamental . Se você tiver sua própria empresa de e-Learning, convém que sua marca do YouTube corresponda à sua marca de eLearning.

Criar miniaturas de vídeos, trailers de canais e marcas d'água são apenas alguns dos muitos recursos que o YouTube oferece para ajudar com sua marca.

O branding também se estende ao conteúdo que você fornece. Se você é uma empresa de eLearning, faz sentido fazer um vídeo informativo sobre árvores? Talvez. Mas talvez não. Certifique-se de que seus vídeos permaneçam fiéis à sua marca e desempenhem um papel de apoio.

6. Ser consistente

Consistência é fundamental no YouTube.

Desde a criação de miniaturas consistentes até o upload de novos vídeos em um cronograma consistente, as pessoas gostam de conteúdo digital com o qual podem contar.

E, embora não haja um número definido de vídeos que você deve postar por mês, defina uma meta para você mesmo.

preparar refeições à base de vegetais.

7. Crie vídeos de qualidade

Ninguém gosta de um vídeo de baixa qualidade! Mas a boa notícia é que você não precisa ser Steven Speilberg para ter um canal de e-Learning no YouTube.

Com algumas dicas básicas de produção de vídeos , você pode deixar seus vídeos do YouTube com aparência profissional e cativante para seu público.

E, embora câmeras caras possam melhorar a qualidade do seu vídeo, tudo o que você realmente precisa é de seu smartphone para começar.

8. Compartilhe seus vídeos com sua rede

Para alguns de nós, essa pode ser a parte mais difícil. Compartilhar seus vídeos do YouTube com sua rede pode ser intimidante, já que você corre o risco de humilhação em potencial e interferência on-line.