8 Erros ao Desenhar Infográficos



Os infográficos são uma ótima maneira de tornar seu conteúdo mais abrangente e dar aos alunos a possibilidade de revisar cada subtópico ou ideia antes de avançar no conteúdo. No entanto, existem 8 erros comuns que afetam a qualidade do seu infográfico:

1. Imagens irrelevantes

O objetivo principal da infografia é ajudar os alunos on-line a entender as informações com mais eficiência. Isso ocorre porque imagens ou ilustrações são mais fáceis de lembrar do que recursos baseados em texto. No entanto, alguns designers têm o hábito de incluir imagens e ilustrações irrelevantes e não relacionadas. Seu objetivo é aumentar o apelo estético e atrair a atenção dos alunos on-line. Mas a confusão visual geralmente leva à sobrecarga cognitiva. Certifique-se sempre de que todos os elementos de design se liguem ao assunto e esclareçam o conceito em vez de criar confusão.

2. Muito texto

Alguns designers se aventuram no outro extremo do espectro, incorporando muito texto em seu infográfico. Como regra geral, seus infográficos devem conter mais imagens e ilustrações do que texto (sem exagerar). Uma abundância de texto tornará mais difícil para os alunos absorverem as informações e entenderem a conexão entre os conceitos. Também é mais difícil atribuir significado, já que eles não conseguem entender o significado das estatísticas e dos fatos, como a relação de causa e efeito. Você também pode usar pontos marcados se o seu infográfico precisar de muito texto.

3. Inconsistência

Ao projetar infográficos, a consistência deve ser mantida em termos de design, imagens e ilustrações. Para obter melhores resultados, comece escolhendo um tema e encontre elementos que transmitam o tom correto. Você também deve criar um guia de estilo ou modelo que possa ser usado para futuros infográficos. Inclua espaços reservados que você pode substituir facilmente por imagens, textos e gráficos relevantes.

4. Gráficos Repetitivos

É essencial ser consistente ao projetar infográficos, mas muitos designers vão muito longe e repetem o mesmo layout todas as vezes. Os alunos precisam da informação, mas também precisam de novos recursos visuais para manter o interesse. Assim, você deve misturar coisas e adicionar novos recursos visuais, em vez de usar os mesmos recursos de sua biblioteca. Você pode obter imagens e gráficos livres de direitos autorais em sites, como canva.com.

5. Falta de Pesquisa do Público-Alvo

Muitos designers têm uma vaga idéia de quem é seu público, mas não conseguem entender seus traços, comportamentos e objetivos. Sempre mantenha seu público-alvo em mente, incluindo suas principais motivações e preferências pessoais. Isso permite que você crie infográficos envolventes que atendam às suas preferências de aprendizado e os ajude a alcançar seus objetivos, como a aquisição das informações necessárias para melhorar o desempenho das tarefas e aprimorar um conjunto específico de habilidades. Você pode realizar pesquisas on-line, avaliações ou até mesmo ler suas métricas do LMS para descobrir o que elas estão procurando. Em seguida, use os dados para projetar um infográfico que preencha lacunas de conhecimento.

6. Sobrecarga de Cor

Todos nós já vimos infográficos com “conflito de cores”. Havia tantos tons que seus olhos não sabiam por onde começar. Pior ainda, as cores pareciam colidir umas com as outras, o que diminuiu o apelo estético. É por isso que é crucial ficar com uma paleta de cores mais simples que ainda é atraente, mas complementar. Idealmente, você deve usar apenas 5 a 6 cores no design do seu infográfico. Esses matizes devem se vincular ao assunto e refletir sua imagem de marca. Acima de tudo, eles devem atingir o acorde cultural correto com seus alunos on-line. Faça sua lição de casa para determinar o significado de cada cor com base em suas origens e crenças sociais.

7. Design Confuso

É aqui que a maioria dos designers erram. Os infográficos devem educar e ajudar os alunos on-line a se lembrarem das informações com facilidade, além de simplificar os dados estatísticos. No entanto, a maioria dos designers tem medo do espaço em branco. Eles acham que a melhor maneira de cativar seu público é bombardeá-lo com imagens que saem da página. No entanto, deve haver apenas um elemento-chave de design para cada seção do infográfico, faça com que ele se destaque. Por exemplo, a estatística pode ser apresentada em um tipo de fonte em negrito e criativo. O olho do aprendiz on-line naturalmente gravitará em direção a esse ponto chave e lembrará, em vez de não saber onde focar sua atenção.

8. Títulos Chatos

Bons infográficos têm títulos relevantes. Deixe seu público saber o que esperar do infográfico com um título conciso e chamativo. Não prometa demais ou exagere. Em vez disso, pense em um ângulo atraente e criativo para promover o assunto. Por exemplo, "5 técnicas que dispararão seus números de vendas" farão com que seus funcionários de vendas tomem conhecimento.

Sempre mantenha seu público-alvo em mente enquanto desenvolve os infográficos para entender o que eles precisam e por quê. Isso ajudará você a determinar o melhor conteúdo, imagens e ilustrações para criar infográficos atraentes.

IDI Instituto de Desenho Instrucional

#infográfico #designdeinfograficos #conteúdosead #desenhoinstrucional

0 visualização