As 4 Estratégias para Implementar a EaD



Não há melhor maneira de convencer a alta gerência sobre a eficácia e a eficiência da EaD do que lançar um projeto piloto.


Um projeto piloto é uma versão reduzida e reduzida de um curso totalmente funcional que pode ser usado para avaliar a viabilidade, duração, custo e aceitação do aluno e aprimorar o design antes de implementá-lo para seus funcionários.


Em outras palavras, é um projeto de amostra de tentativa e erro que o ajudará a examinar os prós e contras desse modelo específico e a fazer alterações e melhorias sempre que necessário. A implementação de um projeto piloto ajuda a estabelecer uma base sólida para a idéia de introdução do eLearning e ajuda as partes interessadas e a alta gerência a analisar todos os aspectos relevantes de maneira prática.

Existem algumas estratégias que podem ajudar uma organização a decidir sobre como proceder no processo de implementação da EaD ou E-learning:

Estratégia 1


Nessa estratégia, a organização pode acostumar os alunos ao eLearning. No processo, as partes interessadas também coletarão dados valiosos sobre as experiências dos alunos que serão inestimáveis ​​ao expandir.


A opção mais simples disponível é adquirir um (s) curso (s) de catálogo sobre um tópico genérico. Uma organização pode simplesmente comprar licenças desses cursos de catálogo sobre tópicos genéricos que seus alunos podem achar interessantes e interessantes e distribuí-los à força de trabalho. Eles podem até ministrar o curso apenas para um grupo selecionado de alunos que podem ser escolhidos por sua abertura e entusiasmo para experimentar coisas novas.


Isso economizará muito tempo e recursos, pois o curso é testado apenas em um grupo limitado de alunos. Essa estratégia pode ser implementada sem nenhum investimento de capital e pode ser usada para analisar como os alunos estão recebendo o curso e qual a eficácia do curso.


Estratégia 2

A Estratégia 2 oferece a opção de desenvolver um curso popular sobre um tópico específico da empresa (missão e visão, diversidade ou integração) com a ajuda das apresentações do PowerPoint usadas no treinamento em sala de aula e hospedá-lo no servidor Web da empresa, LMS ou SharePoint . O curso pode ser publicado internamente usando a opção de avaliação gratuita de qualquer ferramenta de autoria padrão ou pode ser terceirizado para um fornecedor de eLearning.


Esta etapa permite que a organização se concentre no design e desenvolvimento do curso, experiência no trabalho com PMEs internas e / ou fornecedores externos de eLearning e obtenha insights sobre o comportamento dos alunos. Ele oferece a oportunidade de avaliar os prós e contras do desenvolvimento de cursos internos versus terceirização.

Estratégia 3


A terceira estratégia envolve um nível de exposição um pouco mais alto, onde a organização está pensando em criar um Sistema de Gerenciamento de Aprendizado. A organização tem a opção de optar por um LMS de código aberto gratuito e econômico como o Moodle (o departamento de TI da empresa pode configurar a versão básica do Moodle). Ou, se a empresa estiver disposta a gastar R$ 5000a R$ 10.000, poderá contratar os serviços de um parceiro MOODLE para sua configuração e suporte.


Após a configuração do LMS, a organização pode seguir a Estratégia 1 ou 2 para preencher o LMS com os cursos de eLearning.


Estratégia 4


Essa estratégia envolve a implementação de um LMS personalizado. Como isso é fundamental para o desempenho e envolve um pesado investimento de capital - algo entre R$ 150.000 e acima - a organização deve realizar a devida diligência antes de implementar esta etapa.


A decisão de optar por um LMS e eLearning deve ser tomada somente após a análise de todos os aspectos envolvidos e a integração de todos os envolvidos e a gerência. Como essa estratégia envolve pesados ​​investimentos monetários, recomenda-se que a organização opte pela estratégia 1 ou 2 para iniciar o processo de implementação para ter uma idéia de como e o que é necessário para implantar o eLearning em toda a empresa. No entanto, se a organização decidir investir em um LMS personalizado, poderá optar pela estratégia 3.

IDI - Instituto de Desenho Instrucional


#educação #desenhoinstrucional #designinstrucional #desenhoeducacional #ead #elearning #cursosonline #treinamentosonline #treinamento #desenvolvimento #conteudosead #experienciasdeaprendizagem #rh #dho #EducaçãoCorporativa #Aprendizagem #GestãoDePessoas #GestãoDoConhecimento #professor #professora #montarcursosonline #criarcursosonline #criarcursos #montarcursos

0 visualização