Como o Big Data Ajuda os Designers Instrucionais?


O Big Data está sendo usado em vários setores, incluindo bancos e valores mobiliários, comunicações, mídia e entretenimento, saúde, manufatura e recursos naturais, governo, transporte, energia e serviços públicos, varejo e atacado, além de educação, com especialistas prevendo que mais de 75% de todas as empresas em todo o mundo investirão em análises de Big Data na próxima década. Mas o que é esse Big Data e como pode ajudar os designers instrucionais?

O que é Big Data?

O Big Data é, na verdade, um campo que trata maneiras de analisar, extrair sistematicamente informações ou lidar com conjuntos de dados muito grandes ou complexos para serem tratados pelos softwares de processamento de dados. Esses grandes conjuntos de dados são analisados ​​computacionalmente para revelar padrões, tendências e associações, principalmente relacionadas ao comportamento e interações humanas. Em termos de aprendizado digital, Big Data é o dado criado por funcionários / alunos em organizações corporativas enquanto eles participam de um curso ou módulo de treinamento digital. Isso inclui o progresso do aluno, os resultados da avaliação, o compartilhamento social e quaisquer outros dados produzidos durante o tempo em que estão consumindo o curso.


Como o Big Data ajudará os designers instrucionais nas organizações corporativas?


Bem, o Big Data ajudará principalmente os designers instrucionais a personalizar seus cursos para oferecer muito mais aprendizado personalizado, eficaz, envolvente e informativo aos alunos. Isso se traduz em funcionários muito mais qualificados nas organizações corporativas e, portanto, melhora o crescimento e a produtividade. Mas, quais são as outras formas que o Big Data pode ajudar os designers instrucionais


1. Melhorar consideravelmente o feedback

Ser capaz de analisar o Big Data gerado enquanto os alunos consomem cursos de aprendizagem digital permite que os designers instrucionais compreendam completamente a eficácia desses cursos e oferecem informações valiosas sobre como podem ser aprimorados e como eles podem oferecer melhor valor para os alunos. Isso também resulta em um melhor feedback dos designers instrucionais para os alunos, o que aumenta as chances de os alunos corrigirem seus erros no futuro.


2. Construir cursos hiper-personalizados

O aprendizado personalizado é uma estratégia que está sendo usada de maneira marcante pelas organizações corporativas devido à sua natureza centrada no aluno, que permite melhor interesse e engajamento e, portanto, melhor absorção e retenção do conhecimento entregue. Ao usar o Big Data, os designers instrucionais têm uma melhor compreensão de como os alunos estão adquirindo informações, o que está funcionando para eles e o que não está, quais são seus interesses e o que precisam, o que os ajuda a criar cursos mais personalizados, interessantes e envolventes para os alunos. Quando os cursos são personalizados para atender os alunos, o aprendizado é maximizado.


3. Rastrear os padrões dos alunos

O Big Data também ajudará os designers instrucionais a rastrear cada ação de um aluno durante todo o consumo do curso, do início ao fim. Isso efetivamente coloca todo padrão de comportamento de aprendizagem de cada aluno individual nas mãos dos profissionais que desenvolvem as ações de formação. Quando os profissionais sabem como um aluno se comporta ao consumir cursos de aprendizagem digital, eles podem oferecer cursos mais desafiadores para aprimorá-los e aprimorar suas habilidades ainda mais.


4. Oferecer melhores idéias sobre como o aprendizado ocorre

Nada poderia ser melhor para um designer instrucional do que ter uma melhor compreensão de como o aprendizado ocorre. O Big Data ajuda esses profissionais a entender como cada aluno da organização adquire e digere conhecimento. Quanto melhor e mais aprofundado os designers instrucionais obtiverem, melhores cursos eles projetam e melhores os alunos respondem aos cursos. O Big Data pode até revelar detalhes, como métodos preferidos de aprendizado digital, bem como a que hora do dia oferece o aprendizado máximo, levando o Treinamento e o Desenvolvimento para o próximo nível.


O Big Data já chegou ao setor de aprendizado digital. Não demorará muito para que se torne uma norma na indústria. É sempre melhor ser pioneiro de uma tendência que revoluciona uma indústria. As organizações que desejam permanecer relevantes no futuro começam a implementar o Big Data em seu programa de desenvolvimento de funcionários. Você vai ficar de fora?


IDI Instituto de Desenho Instrucional


#bigdata #dados #learninganalytics #ead #ava #relatórios #personalização #educação #desenhoinstrucional #cientistadedados #algoritmosparaead #desenhoinstrucional #designinstrucional #desenhoeducacional #ead #elearning #cursosonline #treinamentosonline #treinamento #desenvolvimento #conteudosead #experienciasdeaprendizagem

0 visualização