Como o Microlearning Combate a Sobrecarga de Informações?



Nós vivemos na era da informação. Ao contrário de duas ou três décadas atrás, a informação está prontamente disponível a clique, um toque ou até mesmo um comando de voz. Temos muita informação... mais do que o nosso cérebro pode suportar. A quantidade de informação é quase infinita, e a limitada capacidade humana tem dificuldade em processar essa informação lançada, o que apresenta um problema conhecido como 'sobrecarga de informação’, o que significa que quanto mais informações o aluno é exposto, menos ele é capaz de retê-lo.

Ao tentar enfiar mais conceitos no cérebro do aluno, ele acaba com uma sopa incompleta de todos esses conceitos, que não serve para nada e deixa ele confuso e estressado. Então, o que fazemos em tal situação?

Microlearning: Nosso Salvador Contra Esta Praga

Microlearning é um processo de aprendizagem em que a informação é fornecida como pílulas de conhecimento, com conteúdo reduzido para um aluno, facilitando o processamento. O Microlearning expõe os alunos à pequenas capsulas de conteúdo, mas bem direcionados, pedaços de informação que são facilmente conservados, ao contrário dos métodos tradicionais de aprendizagem, onde os alunos têm que passar por cursos longos e complexos que os expõem a tantas informações que pode ser impossível armazenar tudo.

O que torna o Microlearning uma maneira segura de combater a sobrecarga de informações?

Bem, o microlearning é baseado em anos de pesquisa sobre como o cérebro humano está preparado para aprender e de que maneira retém melhor a informação. A pesquisa diz que os seres humanos aprendem através de breves experiências de aprendizado, espalhadas de maneira planejada, e é exatamente isso que trata o microlearning. A sobrecarga de informação ocorre porque o cérebro humano não está equipado para passar por um conteúdo tão extenso como o que temos hoje, mas sim por breves surtos de informação. O Microlearning projeta breves experiências de aprendizado para alcançar uma meta estendida, usando uma variedade de atividades e apresentações de curto prazo envolventes e facilmente gerenciáveis.

Para entender melhor, vamos entender os recursos do microlearning que o tornam um caminho seguro para combater a sobrecarga de informações.

1. O Microlearning é breve e conciso

Embora não exista uma regra rígida sobre quanto tempo um módulo ou curso de microlearning deve ter, a maioria dos especialistas concorda que ele deve ter entre 3 a 5 minutos de duração. Isso aborda a restrição da atenção humana, enquanto fragmenta o conteúdo de uma maneira tão concisa que lida apenas com informações importantes para o aprendiz, facilitando a retenção de informações.

2. O Microlearning é adaptável

Outra coisa importante que a pesquisa diz é que os humanos aprendem através da repetição. Mas fazer a mesma coisa repetidas vezes pode levar ao tédio e desvencilhar os alunos. No entanto, existem vários formatos através dos quais as informações podem ser fornecidas em um curso de microaprendizagem. Por exemplo, você poderia expor o aluno a um vídeo sobre como fazer uma determinada coisa, que seria seguida orienta-lo para que ele execute para treinar. No lugar de indicar parágrafos e parágrafos de leitura, você pode adaptar com outros recursos, respeitando as preferências de aprendizagem dos alunos.

3. Microlearning é flexível

Talvez, a melhor coisa sobre o microlearning é que ele oferece a máxima flexibilidade. Você pode aprender no seu próprio ritmo e no seu próprio tempo (o que não exige muito). Desta forma, o microlearning também é completamente centrado no aluno.

A quantidade de informação disponível para uma pessoa média está aumentando e só vai aumentar com o passar do tempo. Assim, os aprendizes precisam absorver apenas informações importantes, ao mesmo tempo em que economizam tempo, já que nossas vidas estão ficando cada vez mais ocupadas. Como o microlearning resolve todos esses problemas, pode ser o futuro da aprendizagem.

Seus programas de treinamento estão preparados?

IDI Instituto de Desenho Instrucional

#ead #desenhoinstrucional #comocriarconteudos #conteudosead #comocriarmicrolearning #Microcopy

0 visualização