Como Usar o Big Data para Melhorar as Habilidades dos Colaboradores Corporativos?



Você que trabalha como analista de treinamento ou designer instrucional corporativo me responda: conhece o Big Data? Sabe utilizar os dados obtidos para readequar os treinamentos e, consequentemente as habilidade da sua equipe? Caso negativo, certamente você está ficando para trás. Busque compreender a importância do uso de dados para gerir cursos, remodelá-lo ou readaptação-los e gerar melhor motivação da sua equipe ao participar das suas formações.

Como promover habilidades usando dados gerados pela sua equipe?

As empresas sempre usaram a inteligência de negócios para aprender mais sobre seus concorrentes, comercializarem-se de maneira eficaz e informar a tomada de decisões estratégicas. Com a área de treinamento (que inclusive passa a ser a DRHO daqui pra frente) não é diferente. No passado, isso poderia ser um processo muito lento, com muitas lacunas no resultado final. A Big Data revolucionou várias facetas diferentes dos negócios nos últimos anos, incluindo inteligência de negócios e pesquisa de mercado.

O que é Big Data e por que é importante?

Big Data é um tipo de análise de dados que usa algoritmos para encontrar padrões e informações específicas dentro de grandes conjuntos de dados. Calma! A sua empresa já gera esses dados (fale com o departamento de TI). Você tende a fugir do assunto por medo de ter que entender de programação certo? Esqueça. As plataformas virtuais de aprendizagem já oferecem esses dados e promovem relatórios bem bacanas. Se o seu ainda não faz isso você tem 2 opções: verificar com o fornecedor um upgrade e integração do módulo de pesquisa de dados ou trocar de fornecedor. Voltando: esses padrões e insights podem ser usados ​​em uma ampla gama de aplicações, desde marketing até a criação de processos mais eficientes que economizam dinheiro das empresas.

A maioria das empresas sabe que o Big Data é importante para se manter competitivo no mercado atual. No entanto, poucas pessoas no local de trabalho têm mais de um entendimento superficial do assunto, e há uma escassez de especialistas em Big Data para o número de vagas disponíveis. É essencial que os membros de sua equipe tenham pelo menos uma compreensão moderada do papel do Big Data e de como ele funciona. Hoje o Instituto de Desenho Instrucional está ampliando esforços para recolocar esses profissionais no mercado. Afinal todos, inclusive os designers instrucionais de ponta precisam estar envolvidos para que as iniciativas de Big Data sejam bem-sucedidas.

Maneiras de Big Data ajudam as empresas a ter sucesso

Algumas empresas que começaram a usar o Big Data em suas operações, economizaram milhões para a empresa a cada ano, otimizando os treinamentos e promovendo habilidades personalizadas para cada colaborador mediante suas próprias necessidades de conhecimento. Usar dados para melhoria constante e personalização do ensino de colaboradores está em alta. E não é por menos: a fórmula parece estar dando certo. Profissionais mais engajados, colaboradores mais motivados sentindo-se integrados nas empresas.

Embora o corte de desperdícios e a melhoria da eficiência mantenham os clientes satisfeitos e economizem dinheiro, a maioria das organizações usa Big Data para melhorar seus esforços de treinamento e de marketing. O Big Data coletado dos clientes de uma empresa pode ajudar a prever o comportamento do cliente. Ao observar os hábitos e os padrões de compra dos clientes, as equipes de marketing podem criar estratégias de maneira mais eficaz, interagir com os clientes e proporcionar uma experiência memorável aos compradores. O marketing pode fazer ou quebrar o sucesso de uma empresa, e as empresas não podem esperar competir no espaço de marketing digital lotado sem os insights que o Big Data fornece. Com a área de treinamento não é diferente. Os insights promovidos pelos ambientes virtuais de aprendizagem estão revolucionando a educação corporativa: trazendo melhorias constantes ao desenho dos cursos, melhorando a capacidade técnica dos usuários e trazendo uma inovação disruptiva aos antigos formatos de treinamentos presenciais regressos.

Mas afinal, como o uso de dados pode melhorar as habilidades da minha equipe?

Simplesmente usando o aprendizado que ocorre nos meios digitais para promover habilidades diferentes, engajamento e motivação dos colaboradores. Usar o Big Data para melhorar a aprendizagem permite e garante que o treinamento contínuo ocorra. Fica fácil atualizar os cursos que você usa como mudança de práticas recomendadas. Você pode usar cursos individualizados que permitem que seus funcionários se encaixem no treinamento com suas responsabilidades diárias. A maioria das pessoas está entusiasmada em aprender novas habilidades no trabalho e terá a oportunidade de aprender mais sobre essa habilidade sob demanda.

O eLearning é econômico para empresas que desejam que toda a sua equipe entenda o propósito e as melhores práticas da análise de Big Data. A utilização de cursos online em comparação com os "dinossáuricos e caros cursos presenciais" ajuda as empresas a obter uma vantagem competitiva ao manter uma força de trabalho informada. Inclusive o uso destes dados permite que os novos funcionários possam aprender facilmente as mesmas habilidades de seus colegas.

Big Data e Futuro do e-Learning

Além de ajudar as pessoas a aprender no trabalho e adquirir novas habilidades, o e-Learning está usando o Big Data para otimizar suas ofertasse cursos, ou seja, adaptar a formação para cada tipo de público. Isso pode ser útil em nível macro e micro. Por exemplo, o Big Data pode ser usado para descobrir quais tipos de dispositivos e sistemas operacionais os alunos costumam usar para acessar seus cursos. No entanto, ele também pode ser usado em um nível individual, ajudando os instrutores a entender quais partes do curso são mais úteis para os alunos.

O eLearning tornou-se popular em locais de trabalho pois é extremamente conveniente e tem se mostrado uma ferramenta de aprendizado eficaz e muito mais barata do que investir em treinadores que se deslocam, derivam gastos. Então, para onde é direcionado no futuro e como o Big Data pode ajudar? Além de fornecer feedback sobre o que os alunos preferem, o Big Data pode nos ajudar a entender o processo de eLearning e refinar as estratégias para ajudar as pessoas a alcançar as metas de aprendizado.

Que tal integrar o big data no e-learning da sua empresa?

IDI - Instituto de Desenho Instrucional

#bigdatanaead #analisededadosdoaluno #impactodousodebigdata #impactodobigdatanaeducacao #learninganalytics #analisededadosnaead #analisepreditiva #analisededadoseducacionais #comoanalisardadosnaeducacao #analytics

0 visualização