Dicas para Design de Conteúdos Online


A frase “conteúdo é rei” é amplamente usada no mundo do marketing, mas também pode se referir ao eLearning. Você sabe por quê?


1) O conteúdo pode ajudá-lo a construir a autoridade do seu treinamento.

2) O conteúdo pode incentivar o envolvimento dos alunos.

3) O conteúdo pode agregar valor ao seu treinamento.

Então, vamos ver como você pode tornar seu conteúdo de treinamento ótimo.


Imagine que você está na seguinte situação. Você já começou a trabalhar no seu novo curso online. Você concluiu as seguintes etapas:


1) Você definiu os objetivos de aprendizado.

2) Você analisou seu público-alvo e suas necessidades de treinamento.


O próximo passo é a análise dos conteúdos. Esse é o ponto em que você precisa começar a trabalhar no conteúdo do seu curso. Qual é a informação que você precisa incluir em seu curso?


Análise de Conteúdos

Para ter sucesso nesta fase, você tem que trabalhar com especialistas no assunto. Eles lhe fornecerão seus conhecimentos e materiais de treinamento existentes, como apresentações em PowerPoint, notas para apresentadores, documentos de referência, recursos da Web, perguntas sobre testes, etc. É sua responsabilidade analisar esses materiais de treinamento (com a ajuda dos especialistas) e criar conteúdo curto, claro, conciso e envolvente. Cada objetivo de aprendizagem deve ser apresentado com informações (chave), estudos de caso, exemplos ou cenários da vida real, e uma referência a recursos adicionais de aprendizagem cobrindo o tópico.


Para analisar os tópicos do seu treinamento, você pode perguntar:

>> O que os alunos precisam saber para atingir o objetivo de aprendizado?

>> Quais habilidades os alunos precisam para realizar o objetivo de aprendizagem?

>> Quais são as atividades (tarefas, exercícios, estudos de caso, cenários) que podem ajudar os alunos a entender o conteúdo?

>> Quais são os erros mais comuns que as pessoas cometem (relacionadas ao tópico do conteúdo)?

>> Quais são as perguntas mais comuns que as pessoas fazem (relacionadas ao tópico do conteúdo)?

>> Qual é a informação que é considerada “obrigatória”?

>> Como você avaliará o conhecimento dos alunos?


Para analisar os recursos de treinamento existentes, você pode usar as seguintes perguntas:

>> Existe algum material de treinamento que possa facilitar o processo de desenvolvimento de conteúdo (apresentações, documentos, manuais, especificações, vídeos, etc.)?

>> Esses materiais contêm todas as informações necessárias? Eles estão desatualizados? Há alguma imprecisão? Eles são interessantes e envolventes?

>> Existe algum feedback anterior sobre a qualidade dos materiais de treinamento? O que os alunos gostaram / não gostaram antes?

>> Existe alguma informação perdida?

>> Por que o treinamento não foi considerado bem sucedido antes?


Dicas Práticas de Desenvolvimento de Conteúdo para eLearning

Então, você já definiu os tópicos do seu curso, agora é hora de continuar com o desenvolvimento do conteúdo. Aqui estão


6 dicas simples que tornarão seu texto útil, interessante e fácil de ler.


1) Seu texto deve ser fácil de entender, claro e consistente durante todo o treinamento.

2) Não use frases ou jargões que alguns aprendizes possam não entender.

3) Use formatação consistente - escolha uma fonte e tamanho da fonte para os títulos, uma fonte e tamanho da fonte para parágrafos, use comprimento de linha consistente, use cores de fonte consistentes, etc.

4) Coloque o texto instrucional no mesmo lugar em cada tela.

5) Deixe espaço em branco suficiente entre os blocos de texto.

6) Cada tela em seu curso deve conter uma quantidade limitada de texto, mas suficiente para apresentar todas as informações necessárias.


Dicas Adicionais

Aqui estão algumas dicas adicionais que facilitarão seu processo de desenvolvimento de conteúdo de treinamento.


>> Normalmente, os especialistas fornecem uma apresentação em PowerPoint ou qualquer outro tipo de documento de texto. Tire um tempo para se familiarizar com o tópico e o conteúdo existente. Encontre recursos adicionais por conta própria. Faça questionários para usar durante as reuniões com esses especialistas.

>> Os materiais de treinamento fornecidos podem ser bem estruturados, claros e organizados. No entanto, a situação pode ser o oposto. Tenha isso em mente e não entre em pânico se o segundo acontecer com você. Converse com os especialistas e discuta as dificuldades que você está enfrentando.

>> O treinamento pode abranger um tópico que inclui terminologia muito específica. Tire um tempo para entender isso. Faça um dicionário para servir você como referência, se necessário.

>> Se o plano de treinamento incluir um narrador, lembre-se de que é uma boa prática que o texto na tela e o roteiro do narrador sejam diferentes.

>> Se o treinamento incluir arquivos de áudio e vídeo, você será o responsável pelo desenvolvimento do texto.

>> Se houver uma cena de diálogo em seu treinamento, você precisa mudar o tom. Você tem que criar uma conversa que parece fácil e natural.

>> Todos os exercícios, tarefas e testes devem estar relacionados ao conteúdo do treinamento. As instruções devem ser curtas e claras.

>> Não inclua informações que não estejam relacionadas aos problemas que o treinamento pretende resolver. Qualquer informação desnecessária irá sobrecarregar os alunos. Pode até irritá-los e seus esforços serão em vão.

>> Converse com os especialistas sobre os prazos. Quando eles enviarão os materiais de treinamento? Quando você precisa enviar o primeiro rascunho para revisão? E assim por diante.

>> Não tome críticas pessoalmente. Pelo contrário, peça feedback. Isso ajudará você a ter sucesso em seu trabalho e a criar conteúdo eficaz de e-Learning.

>> Claro, revise e edite seu texto.

>> Use ferramentas como o Google Drive, o Google Docs, etc. Eles ajudarão você a criar, arquivar e editar seu conteúdo.


A teoria por trás do desenvolvimento de conteúdo de treinamento bem-sucedido

A teoria do aprendizado adulto de Malcolm Knowles

Uma das principais coisas que você precisa ter em mente enquanto trabalha no seu curso é o fato de que seu treinamento tem como alvo pessoas adultas. Os adultos têm diferentes necessidades de treinamento e expectativas em comparação com as crianças, então você precisa se familiarizar com os principais princípios da andragogia. Malcolm Knowles os definiu há algum tempo e eles são os seguintes:


>> Os adultos precisam saber que o treinamento terá um impacto direto e imediato em suas tarefas diárias.

>> O treinamento precisa ser orientado para o problema. Seu conteúdo tem que se concentrar em problemas definidos e como eles podem ser resolvidos.

>> Os adultos preferem aprender através de suas experiências. Seu trabalho é proporcionar-lhes um ambiente seguro onde possam testar coisas novas, cometer erros, progredir e usar seus conhecimentos.

>> Os adultos preferem ter palavra no processo de desenvolvimento e avaliação de treinamento.


Os 9 eventos de instrução de Robert Gagne

Para criar um treinamento eficaz que enfoque os resultados e as mudanças no comportamento dos alunos, você pode usar os 9 Eventos de Instrução de Gagne.


1) Ganhe a atenção dos alunos logo no início do treinamento. Para conseguir isso, você pode usar um exemplo interessante ou uma tarefa que eles precisam concluir.

2) Apresente os objetivos de aprendizado. Seus alunos são adultos, e os adultos querem saber por que precisam fazer o treinamento, o que eles têm para eles, como o treinamento facilitará as tarefas do dia-a-dia, etc.

3) Faça os alunos usarem seus conhecimentos atuais. Inclua atividades que os farão aplicar o que já sabem.

4) Apresente o conteúdo. Forneça aos alunos novas informações.

5) Guie os alunos. Complemente o conteúdo com exemplos.

6) Faça os alunos usarem o que acabaram de aprender. Inclua tarefas e exercícios relacionados à vida real.

7) Dar uma resposta. Dê aos alunos feedback regular sobre o seu desempenho.

8) Teste o conhecimento dos alunos. Avalie o que eles aprenderam durante o treinamento.

9) Ajude os alunos a lembrar e usar seus novos conhecimentos e habilidades. Forneça aos alunos recursos adicionais - documentos, recursos da Web, etc.


Estas são as principais dicas sobre a criação de conteúdo para eLearning. Lembre-se, o conteúdo é o rei a quem todos os outros elementos de treinamento obedecem.


IDI Instituto de Desenho Instrucional


#desenhoinstrucional #designinstrucional #desenhoeducacional #ead #elearning #cursosonline #treinamentosonline #treinamento #desenvolvimento #conteudosead #experienciasdeaprendizagem #rh #dho #EducaçãoCorporativa #Aprendizagem #GestãoDePessoas #UserExperience #GestãoDoConhecimento #professor #professora #professores #professoras #montarcursosonline #criarcursosonline #criarcursos #montarcursos #conteudos #curadoria #designdeconteudo #conteudista #ead #desenhoinstrucional #narrativas

105 visualizações