Evolução da Educação: Tecnologias Interativas e Experiência de Aprendizagem



Desde o início da pandemia, a educação está se movendo online e os alunos estão começando a sentir falta de comunicação com professores e colegas. As tecnologias de aprendizagem interativa têm o poder de imergir os alunos na atmosfera familiar da sala de aula sem sair de casa.


Tecnologias de Aprendizagem Interativa


Em 186 países em todo o mundo, a pandemia COVID-19 privou 1,2 bilhão de crianças da experiência escolar tradicional. Essa turbulência inesperada forçou professores e pais a apresentarem alternativas razoáveis, seguras e educacionais para as escolas de tijolo e argamassa. Isso é especialmente desafiador para crianças mais novas que não conseguem aprender por conta própria. Os educadores estão recorrendo ao aprendizado online para substituir a experiência da sala de aula. O conceito de tecnologia educacional estava ganhando popularidade antes mesmo do COVID-19.

No ano passado, estimou-se que o mercado global de educação online poderia chegar a US $ 350 bilhões em 2025 (acima dos US $ 18,66 bilhões em 2019 no mundo. Este crescimento esperado é atribuído aos efeitos positivos das tecnologias de eLearning. A pesquisa sugere que o aprendizado online aumenta a retenção de informações em 25-60% em comparação com as configurações convencionais de sala de aula e minimiza o tempo gasto na educação em até 60%.


As ferramentas de aprendizagem online pareciam bem sucedidas quando seu papel era apenas complementar a sala de aula convencional. No entanto, agora eles estão surgindo como o principal método de educação e há uma possibilidade muito real de que o ensino à distância persista mesmo após a pandemia.


O aprendizado online em sua forma atual será suficiente? Ou as crianças começarão a perder as interações com os colegas e as experiências cara a cara com o professor? A incorporação da interatividade em plataformas educacionais online pode apresentar uma solução para esses problemas?


Tendências de educação online


As tendências da educação online para 2020 mostram que parte do mercado está se inclinando para o aprendizado digital interativo, como o aprendizado baseado em jogos, RV e tecnologias de RA. Enquanto outros requerem interatividade para serem bem-sucedidos, como o ensino doméstico híbrido (explicado abaixo).


Aprendizagem baseada em jogos

A ideia de aprender brincando remonta a meados do século XIX. A aprendizagem baseada em jogos depende de jogos projetados especificamente para educar usando conteúdo altamente interativo e envolvente que está alinhado com o currículo.


Os jogos têm sido usados ​​para aprender uma variedade de assuntos, incluindo:

  • Digitação, com software como TypingClub: um jogo com diferentes layouts de teclado e posições de dedo. O jogo armazena os resultados de um usuário e os compara com desempenhos anteriores.

  • Matemática, com jogos como Petiscos Matemáticos: este jogo inclui uma série de atividades que dão suporte ao currículo de matemática. Aborda aspectos como fator de escala, proporção, medição, etc.

  • História, como exemplificado em Mission US: um jogo de aventura onde os jogadores assumem o papel de pessoas durante vários pontos críticos da história dos EUA.

Esses jogos são populares porque oferecem um ambiente seguro para tentar algo novo e falhar. Para algumas crianças, pode ser assustador falhar em ambientes públicos como a sala de aula, enquanto falhar em um jogo tem riscos comparativamente baixos.


VR e AR na aprendizagem

A tecnologia de RA está se tornando popular nas escolas devido à experiência interativa que adiciona à educação. Ele ajuda as crianças a visualizar conceitos abstratos e aumenta sua compreensão, apresentando curiosidades e modelos 3D desses conceitos. Um exemplo é o AugThat, um aplicativo de RA que dá suporte ao currículo do ensino fundamental, oferecendo modelos 3D de 360 ​​graus de diferentes ambientes virtuais, como nosso sistema solar.

Da mesma forma, a RV ajuda os alunos a entender as lições, imergindo-os em novos locais culturais e cenários históricos. Por exemplo, com o Google Expeditions, as crianças podem observar dinossauros na segurança da sala de aula. Outro exemplo interessante de RV nas salas de aula é o inMind2, um jogo que permite que as crianças entendam a química por trás das emoções humanas. Os jogadores testemunham e investigam como o adolescente John se torna adulto e como a química humana o molda.

Professores se adaptando a novas funções

O papel histórico de um professor em sala de aula era ensinar conhecimento para seus alunos absorverem. Os educadores desempenhavam um papel de autoridade e sua experiência e opinião não podiam ser contestadas. Sua responsabilidade para com os alunos era geralmente limitada a apresentar o material e preparar testes de avaliação justa.

O advento da tecnologia online acelerou a tendência educacional dos professores como mediadores, surgida no século passado. Eles orientam os alunos que trabalham em grupos e os ensinam a pensar por si próprios, em vez de receber passivamente o conhecimento dos outros. Isso é relevante tanto na sala de aula física quanto online.


Ensino doméstico híbrido

Antes da pandemia, o ensino doméstico não era muito popular. Embora 7% dos pais americanos [4] acreditassem que era uma boa ideia, eles não tinham recursos, tempo e confiança para tentar com seus próprios filhos. Durante o período pré-pandêmico, alguns estabelecimentos de ensino reconheceram o valor da educação domiciliar e permitiram que os alunos estudassem parcialmente em casa. Um exemplo são as escolas Regina Caeli, que incentivavam o atendimento apenas dois dias na semana.


Hoje em dia, o conceito de educação domiciliar é mais relevante do que nunca, e a versão híbrida oferece alívio para os pais e ainda limita os dias de frequência escolar. Em tais ambientes, a tecnologia interativa é um valioso recurso de aprendizagem para crianças e seus educadores.

A tecnologia de aprendizagem interativa aumenta a educação online


A aprendizagem interativa é uma forma prática de transferir conhecimento, em oposição a ouvir passivamente uma palestra ou ler o material designado. As crianças podem considerar a aprendizagem passiva entediante porque sua oportunidade de envolvimento é mínima. Este tipo de educação também tem opções limitadas para avaliar a compreensão do aluno. Por outro lado, a interatividade captura a atenção dos alunos, envolve-os em discussões e estimula o pensamento crítico.

Em um ambiente escolar convencional, os educadores geralmente alternam os métodos ativos e passivos de ensino. Como a pandemia está nos forçando a confiar na educação online, muitos professores acham que é importante simular o ambiente familiar da escola tanto quanto possível.

Benefícios da tecnologia de aprendizagem interativa

A parte interativa do aprendizado online permite que as crianças recebam feedback, orientações e orientações personalizadas e oferece uma substituição mais barata do ensino particular.

1. Foco na aprendizagem conduzida por crianças


Em um ambiente escolar convencional, a aprendizagem liderada pelo professor prevalece sobre a educação liderada pelo aluno. A tecnologia interativa online promove a experiência liderada pelo aluno, permitindo que todos aprendam em seu próprio ritmo. Ajuda as crianças a desenvolver a autoconsciência e a compreender seus pontos fortes e fracos. Além disso, eles irão associar a aprendizagem a um sentimento de independência.

2. Garantindo que as crianças entendam o que lêem


Crianças que estão tendo dificuldade para entender um determinado tópico podem hesitar em pedir ajuda. Se eles estiverem estudando online em casa, o professor não verá seus rostos intrigados e não poderá intervir para ajudar. A tecnologia interativa apresenta uma solução que emprega câmeras 3D, que reconhecem sinais faciais e a direção dos olhos. Depois de detectar sinais de confusão ou desinteresse, o programa educacional pode desacelerar a aula, repetir a explicação, mudar para outro tema ou alertar o professor.


3. Oferecendo às crianças um início precoce na educação


Crianças em idade pré-escolar e mesmo bebês que demonstram curiosidade em aprender não precisam esperar o primeiro ano escolar. Eles já podem usar a tecnologia interativa para aprender a ler, contar, desenhar, etc. Além disso, existem programas interativos, que usam RA para ajudar as crianças a mergulharem nos conceitos que estão tentando aprender.


4. Economizando dinheiro e tempo para os pais


Com a ajuda do aprendizado interativo online, as crianças podem receber oportunidades educacionais emocionantes em casa. Os pais não são mais obrigados a levar seus filhos aos locais de ensino, nem precisam pagar taxas excessivas para professores particulares.

Exemplos de plataformas de aprendizagem interativas para crianças

Existem muitos exemplos de como a tecnologia de aprendizagem interativa pode ser usada e quais habilidades ela pode ajudar a desenvolver. Abaixo estão algumas idéias:

Aprendizagem por meio de jogos


A aprendizagem gamificada tem muitos benefícios: aumenta a capacidade de memória, desenvolve o pensamento estratégico e melhora a coordenação olho-mão. Abaixo estão alguns exemplos de plataformas educacionais baseadas em jogos:

  • Sumdog é uma plataforma de aprendizagem online que oferece às crianças mais novas (de quatro a onze anos) jogos desafiadores e divertidos em matemática e outras áreas. Os professores podem usar esta plataforma para monitorar o progresso e atribuir tarefas de casa.

  • Kahoot! permite que os professores criem jogos divertidos interativos para seus alunos com base em questões de múltipla escolha. As crianças podem entrar e acessar o jogo em seus dispositivos pessoais.

  • GoNoodle é uma plataforma para exercícios físicos gamificados. Ele incentiva as crianças a se levantarem de suas cadeiras e imitar os movimentos exibidos na tela. Além do exercício regular, este jogo apresenta às crianças os conceitos de atenção plena e meditação.

Plataformas de Colaboração


Quando as crianças estudam online, não têm a oportunidade de falar com os colegas durante os intervalos. Portanto, é fundamental promover interações por meio de plataformas online. A colaboração ajuda as crianças a ter ideias criativas, aprender umas com as outras e aumentar sua autoconfiança.


  • GoBoard é uma ferramenta online que permite vídeo chat e oferece uma tela interativa. As crianças podem criar um GoBoard em qualquer site educacional, enviar o link para um amigo e colaborar escrevendo notas. Ciência da computação para alunos do ensino fundamental A codificação oferece uma experiência prática para os alunos aplicarem seus conhecimentos em ciência da computação. Ao aprender a programar, as crianças desenvolvem habilidades de pensamento crítico e resolução de problemas.

  • Make Wonder é uma plataforma líder para o ensino de ciência da computação e robótica para crianças. Esta ferramenta permite que as crianças codifiquem robôs virtualmente, enquanto recebem instruções individuais e aprendem em seu próprio ritmo.

  • O Revolution Robotics Kit é um kit eletrônico programável que permite às crianças montar um robô e controlá-lo por meio de um smartphone. O kit inclui 530 peças de plástico, firmware, design de hardware e uma biblioteca de peças que podem ser produzidas em uma impressora 3D.

Aprendizagem interativa para bebês e crianças pequenas


Embora as iniciativas de aprendizagem online se concentrem principalmente em crianças em idade pré-escolar e escolar, bebês e crianças pequenas também podem se beneficiar de soluções de aprendizagem de tecnologia para bebês sob a supervisão de um adulto. Eles são curiosos e atraídos para explorar, apertar botões e interruptores. No entanto, é aconselhável permitir que eles façam experiências com a tecnologia no contexto da interação humana, como a interação de vídeo com um parente remoto.


Esta experiência interativa pode ser usada para ensinar aos bebês um novo vocabulário e mostrar imagens que o bebê não encontrará de outra forma, como fotos de crianças de diferentes países.

Um exemplo de tal tecnologia é Toddler Flashcards da iTot Apps (em inglês). O aplicativo é projetado para iPhones e iPads. Com este aplicativo, os pais podem ensinar aos seus bebês os números, o alfabeto e as palavras. Outro exemplo de tecnologia amiga do bebê é o teclado de quatro teclas de Webee, projetado para apresentar os computadores às crianças e deixá-los jogar jogos educativos.


A chave para essas experiências de aprendizagem é a interatividade entre a criança e a tecnologia. Há poucas provas de que assistir vídeos passivamente tenha um efeito educacional positivo.


Desafios enfrentados pela indústria de EdTech


Aumentar o aprendizado online com atividades interativas resultará em uma maneira mais divertida e diversa de receber educação. No entanto, como acontece com o aprendizado online em geral, existem algumas armadilhas a serem consideradas.

Problemas relacionados à tecnologia


Nem todos os alunos têm a tecnologia e a conexão confiável com a Internet necessárias para participar do aprendizado digital. Esses recursos variam significativamente entre os países. Enquanto na Suíça e na Noruega 95% dos alunos têm um computador dedicado para a escola [1], na Indonésia esse número é reduzido para 34%.


Problemas relacionados à experiência do usuário


Alguns acreditam que mudar para a educação online sem treinamento e largura de banda suficiente resultará em uma experiência do usuário ruim. O desenvolvimento de plataformas com interfaces de usuário intuitivas e a oferta de treinamento formal podem ajudar a resolver parcialmente essa preocupação.


Questões relacionadas ao meio ambiente


As crianças precisam de um ambiente estruturado para maximizar a eficácia do aprendizado. Portanto, os pais precisarão reproduzir a situação que os filhos viviam na escola.


Antes da pandemia, a educação online era uma ferramenta de apoio para salas de aula físicas mais interativas. Agora, quando as escolas estão fechadas até novo aviso, está se tornando o principal método para adquirir conhecimento. Conseqüentemente, as empresas EdTech precisam torná-lo interativo para se assemelhar o máximo possível ao ambiente escolar.


As empresas de tecnologia podem considerar a parceria com escolas ou simplesmente entrevistar professores para entender que tipo de interação é mais benéfica para professores e alunos. Os educadores usarão a interatividade para criar uma abordagem personalizada para cada aluno, enquanto as crianças a usarão para melhorar sua compreensão do tópico e suas habilidades de comunicação.

À medida que a pandemia continua a influenciar nossas vidas sociais, até mesmo os adultos se sentem privados de interações sociais e procuram métodos alternativos. A situação pode ter um impacto ainda maior sobre as crianças cujas habilidades sociais ainda não estão bem desenvolvidas. Isso oferece uma oportunidade para as empresas de tecnologia olharem além do material educacional e fornecer plataformas interativas que as crianças podem usar para socializar com os colegas durante os intervalos entre as aulas.


IDI Instituto de Desenho Instrucional


#learningexperience #designinstrucional #desenhoinstrucional #facilitador #treinamento #educacaocorporativa #gestorderh #sessaodeaprendizagem #experienciasdeaprendizagem #metodologiasativas #rh #recursoshumanos #aprendizagemcorporativa #professor #professora #professores #conteudosead #cursosonline #comocriarcursosonline #comocriaraulasonline #aulaonline #aularemota #souprofessor #souprofessora #ensinoremoto

10 visualizações