Metodologia Ágil Aplicada à Gestão de Projetos de T&D


Às vezes, seus esforços para lidar com a imprevisibilidade e as mudanças nos requisitos dos projetos de eLearning não são páreo para a variabilidade de seu ambiente de trabalho ou de seus parceiros de negócios. Quando esse é o caso, como você pode gerenciar seu projeto de T&D para um bom resultado? A resposta pode estar em aplicar os princípios da Metodologia Agile. O que é metodologia ágil? Se você não estiver familiarizado com o Agile, é uma abordagem que muitas equipes de desenvolvimento de software usam para ajudá-los a responder aos requisitos variáveis ​​do projeto. Ele ajuda as equipes a colaborar em como elas fornecerão uma solução, além de resolver problemas em todo o projeto. Perguntamos a nós mesmos como poderíamos usar o Agile como uma mentalidade para o gerenciamento de projetos de eLearning? Como não desenvolvemos software, não faz sentido instituir algumas das práticas ágeis, como programação em pares. Em vez disso, analisamos os 12 princípios ágeis por trás da metodologia para ver como eles poderiam nos ajudar a gerenciar a imprevisibilidade e a alteração dos requisitos. Examinando como as equipes de software aplicaram esses princípios para implementar e executar com agilidade, pensamos em como poderíamos adaptá-los para o gerenciamento de projetos de eLearning. Veja as 12 práticas à seguir: 1. Entenda a demanda e crie valor para seu cliente No escopo ou na fase de avaliação de necessidades do projeto, esclareça e expanda a finalidade e os resultados pretendidos do seu projeto. Faça o mesmo com seus objetivos de aprendizado e, em seguida, com o fluxo ou esboço do seu curso. Pense nessas fases como iterações em sua solução de aprendizado e, em seguida, mostre-as e valide-as com o cliente. Continue esse processo enquanto você prepara o storyboard ou constrói o protótipo. Busque sempre o feedback do cliente para confirmar sua satisfação ao longo do desenvolvimento. 2. Atenda mudanças de requisitos do projeto A mudança é difícil, especialmente quando envolve muito retrabalho. No entanto, a mudança é mais fácil de planejar e adaptar quando você realiza pequenas etapas e verifica o feedback. Toda vez que você repetir sua solução, você pode confirmar os requisitos. Ter esta conversa ajuda você a antecipar e planejar possíveis mudanças. E se os requisitos mudarem, essa abordagem de pequenas etapas ajudará você a minimizar o risco de retrabalho. 3. Forneça módulos funcionais de e-learning Funcional significa sem frescuras. Comece seu esboço incluindo objetivos e conteúdos. E, ao longo do tempo vá adicionando detalhes e especificidades a cada elemento a ser criado. Parta de uma versão alfa/experimental e vá lapidando até chegar à versão final a ser entregue ao cliente. 4. Tenha canais de comunicação efetivos Quando você se conecta com o cliente, você permanece na mesma página e reduz os riscos associados a mal-entendidos ou falhas de comunicação. Nenhum tempo é mais importante para definir as expectativas do que o pontapé inicial do projeto. 5. Mantenha uma equipe motivada e coesa Contrate pessoas que saibam o que estão fazendo e queiram trabalhar em equipe. Crie oportunidades para os membros da equipe colaborarem e se comunicarem. Dê visibilidade à equipe sobre o que todo mundo está fazendo. Isso cria responsabilidade e fortalece o compromisso de trabalhar juntos. Dê feedback construtivo e mostre que você está interessado tanto em seu trabalho como membro de sua equipe quanto em seu desenvolvimento profissional. 6. Comunique-se sem ruídos com sua equipe Sua equipe precisa de respostas imediatas para suas perguntas ou solicitações. Isso significa tornar a comunicação nos dois sentidos sem esforço, e a melhor maneira de conseguir isso é com conversas pessoais. Comece facilitando as reuniões de alinhamento, feedback... Incentive os membros da equipe a interagir uns com os outros. Se você trabalha com uma equipe dispersa geograficamente, faça de tudo para se comunicar por voz ou vídeo. 7. Faça da meta do cliente a prioridade da equipe Não importa quanto tempo você gasta gerenciando tarefas se o seu cliente não conseguir lançar seu módulo de eLearning com sucesso. Esteja disposto a “despriorizar” o trabalho administrativo para manter sua equipe focada na meta. 8. Mantenha um ritmo constante O trabalho repetitivo cria o burnout. O mesmo acontece com muito tempo extra. Ambos podem impactar negativamente a qualidade. Desenhe a linha entre trabalhar duro e sobrecarregar a sua equipe para evitar comprometer a qualidade do projeto. 9. Atenção ao bom design aumenta a agilidade Se você está projetando a instrução, você quer acertar no começo. Voltar para corrigi-lo depois significa perder tempo desfazendo e refazendo o trabalho. Faça certo da primeira vez, para que você possa se concentrar em melhorá-lo. Durante os check-ins diários com sua equipe, fale sobre como você pode melhorar o design e, em seguida, ajuste-o e teste-o para mantê-lo em evolução. 10. Mantenha a simplicidade e a agilidade Você não tem tempo para complexidade desnecessária. Mantenha as coisas simples e agilize seus processos. Evite o trabalho ocupado, limitando as tarefas administrativas àquelas que atendem ao seu cliente e ao módulo de eLearning. Faça isso para que você possa interagir até conseguir um módulo de e-learning em funcionamento, no menor espaço de tempo possível. 11. Priorize trabalhos organizados Permita que sua equipe atue de forma independente para que eles possam responder rapidamente às mudanças. Não perca tempo microgerenciando-os ou adivinhando suas decisões. Durante as reuniões, resolva problemas e identifique resoluções. Desta forma, você evita que pequenas coisas se tornem grandes problemas. 12. Revisite sempre o processo de trabalho Planeje um tempo para pausar, refletir e ajustar como sua equipe opera ao longo de um projeto. Deixe de lado os processos que atrasam você ou não agregam valor. Sempre esteja aprendendo e disposto a mudar para que você possa melhorar, não apenas para seus clientes ou partes interessadas, mas para sua equipe. A adoção de práticas de gerenciamento de projetos de eLearning baseadas nos 12 Princípios Ágeis melhorará a forma como você lida com a imprevisibilidade e a alteração dos requisitos em projetos de T&D. Abrace o Agile como uma mentalidade atual e comece a dar pequenos passos para melhorar sua abordagem IDI Instituto de Desenho Instrucional #educação #desenhoinstrucional #designinstrucional #desenhoeducacional #ead #elearning #cursosonline#treinamentosonline#treinamento #desenvolvimento #conteudosead #experienciasdeaprendizagem #rh #dho#EducaçãoCorporativa #Aprendizagem#GestãoDePessoas #UserExperience #GestãoDoConhecimento #agilelearning#metodologiaagil #scrum #projetoselearning#soluõesEaD #rapidlearning

16 visualizações