O Futuro da Educação e Tecnologia

O que precisamos saber sobre o futuro da educação?

Discutindo o futuro da educação e tecnologia


Avanços recentes em tecnologia educacional (EdTech) são nada menos que surpreendentes. Os desenvolvimentos que surgiram neste campo estão capacitando educadores para criar experiências de aprendizagem notáveis ​​para as mentes jovens de hoje.


Agora, o campo da educação surge no horizonte de uma ruptura positiva. As novas tecnologias prometem tornar o aprendizado mais fácil e rápido para os alunos.


Tendências emergentes de educação e tecnologia


Uma pesquisa recente revela que 75% dos educadores acreditam que o conteúdo digital substituirá os livros didáticos até o ano 2026 e que há tecnologias mais notáveis ​​a caminho. Na verdade, escolher quais inovações levar para a sala de aula é um desafio para os educadores.


A realidade virtual (RV) é uma tecnologia extraordinária que os professores estão implantando na sala de aula. Mobile EdTech é outro recurso que está surgindo no campo.


Os educadores também estão experimentando a gamificação - recurso didático que transforma o aprendizado em videogame. Esta ferramenta atrai os alunos, desafiando-os a concluir o trabalho a fim de atingir um novo nível. Até o momento, essa estrutura tem conseguido envolver os jovens alunos.


Em outras áreas, os desenvolvedores criaram softwares educacionais que apresentam materiais de leitura com base no nível de compreensão dos alunos. Além disso, os alunos de hoje têm acesso a muitos programas de aprendizado online certificados e em tempo parcial. Esses recursos não estão apenas disponíveis para alunos do ensino fundamental e médio, mas também se estendem aos níveis universitários.


A educação online está crescendo


Na verdade, há uma tendência crescente de acesso online a conteúdo educacional e recursos de aprendizagem. Agora, mais do que nunca, existem inúmeras oportunidades de aprendizagem online. Parte do apelo das aulas online é que elas são convenientes. Os alunos podem ter aulas em casa 24 horas por dia, sete dias por semana e, graças a um catálogo de conteúdo disponível em rápido crescimento, eles podem aprender sobre quase qualquer tópico que desperte seu interesse.


Em 2017, a aprendizagem online foi uma força disruptiva na educação. Agora, os líderes educacionais reconhecem que as demandas de aprendizagem estão passando por um processo de transformação. Consequentemente, os desenvolvedores de conteúdo educacional estão mudando seu foco para as necessidades de aprendizagem do futuro.


O que vem pela frente para a próxima geração de alunos na educação


Os alunos nas salas de aula de amanhã podem esperar trabalhar com recursos interessantes, como kits robóticos que os educadores usaram para ensinar codificação. Além disso, os educadores estão cansados ​​de estruturas de teste padronizadas tradicionais. Agora, o teste digital está emergindo como um recurso de capacitação que permite aos educadores acompanhar o desempenho dos alunos e medir a melhoria do aprendizado ao longo do tempo. Além disso, as instituições podem aproveitar a Inteligência Artificial (IA) para desenvolver soluções de aprendizagem personalizadas para os alunos com base nos resultados dos testes.


A tutoria coletiva é outro novo conceito que está surgindo na educação. Essa prática incipiente, também chamada de micro-tutoria, está em sua infância. A atenção plena e a ajuda comportamental serão essenciais para garantir o sucesso dos alunos. As inovações tecnológicas também prometem ajudar os educadores a melhorar os resultados de aprendizagem para alunos com transtornos do espectro do autismo (ASD). A tecnologia está em alta demanda para melhorar os resultados da aprendizagem e garantir que todos possam obter uma educação de qualidade.


A crescente necessidade de atenção plena e bem-estar na educação


Há uma grande necessidade de práticas de atenção plena e bem-estar nas salas de aula. As pessoas precisam de equilíbrio e recursos para ajudá-las a ter sucesso. Veremos mais recursos e educação dedicados a ajudar crianças e pessoas a cuidarem de si mesmas. Usar a tecnologia para equilibrar criatividade com raciocínio pode ajudar educadores e alunos a melhorar sua saúde geral, foco e produtividade. Isso fornecerá aos alunos o suporte social, emocional e mental necessário. A educação em bem-estar e as oportunidades de aprender técnicas de meditação, ioga e foco agregarão um valor tremendo às novas gerações.


Construir relacionamentos saudáveis ​​com os alunos é uma parte importante do papel dos educadores. Os professores assumem a responsabilidade de orientar e garantir que os alunos tenham um lugar seguro para aprender.


No mundo em evolução de hoje, mais professores reconhecem a necessidade de entender que os alunos podem ter problemas pessoais que podem interferir na aprendizagem, bem como em seu bem-estar geral. O ensino da saúde mental nas escolas e na força de trabalho pode ser extremamente valioso. Consequentemente, há um movimento crescente para praticar a atenção plena na sala de aula e considerar as influências externas que podem afetar o comportamento do aluno.


Os professores praticam a atenção plena fornecendo atenção proposital e sem julgamentos com empatia sincera. Para muitos educadores, a capacidade de praticar a atenção plena com os alunos deve começar com o autocuidado. Cuidando de si mesmos, os professores estão mais bem equipados para fornecer aos alunos de hoje a atenção de que precisam.


O treinamento de mindfulness ajuda os educadores a desenvolver uma compreensão clara das escolhas, influências e linguagem dos alunos e também ensina o autocuidado. Com este treinamento, os educadores estão mais bem equipados para criar um ambiente de aprendizagem seguro e de suporte para os alunos.


Continue aprendendo e se educando


A ideia de implementar tecnologia na sala de aula não é nova. No entanto, a tecnologia decolou na sala de aula em anos relativamente recentes. À medida que o campo amadurece, as empresas emergentes prometem fornecer novos recursos interessantes para os alunos. Embora a direção da EdTech não seja clara, os analistas prevêem que este campo promissor está em seus primórdios.


Sem dúvida, toda educação continuará a ser valiosa e necessária. Os alunos e as pessoas precisarão continuar a se adaptar à tecnologia, a querer aprender e a permanecer motivados em seu próprio autodesenvolvimento.


IDI Instituto de Desenho Instrucional