O Que o Google Pode nos Ensinar Sobre Microlearning



Google, Wikipedia e as mídias sociais mudaram drasticamente a forma como aprendemos, e eles são pelo menos parcialmente responsáveis ​​pela nossa atual ênfase no microlearning. À medida que planejamos estratégias de microlearning, faremos bem em lembrar 3 dos princípios que tornaram o Google bem-sucedido.

1. Mantenha simples. Em uma época em que a tentação de adicionar widgets a sites pode ser quase esmagadora, o Google tem uma página em branco enfeitada apenas por um logotipo de uma palavra, uma caixa de pesquisa e dois botões. Da mesma forma, microlearning é melhor quando podemos "tornar as coisas tão simples quanto possível, mas não mais simples". Se quisermos realizar mudanças reais de comportamento em um módulo web de 5 minutos, tudo nesse módulo deve ser dedicado ao mesmo propósito. A mídia, as atividades, o texto - tudo deve ser focado no mesmo objetivo. O Google funciona porque é uma maneira fácil de encontrar o que precisamos rapidamente. Microlearning deve ser o mesmo.

2. Mantenha-o orientado para a ação.

A maioria dos sites mede sua eficácia por quanto tempo eles mantêm os leitores na página, mas tudo em uma página de resultados de pesquisa do Google foi projetado para ajudá-lo a sair do site. Esse caminho claro para a ação torna muito fácil a realização de seu objetivo, e microlearning deve ter o mesmo foco no comportamento. Quando os alunos estão no trabalho, eles são muitas vezes confrontados com tarefas que de repente não sabem muito bem como realizar. Um currículo de microlearning eficaz deve ser projetado em torno de tarefas individuais, fornecendo tutoriais que ajudam os usuários a arquivar um relatório ou montar uma ferramenta. Se os alunos souberem que seu currículo de treinamento os ajudará a melhorarem as habilidades de que precisam em seus trabalhos, eles irão buscá-la. E se cada ferramenta é uma experiência concisa, focada, eles vão voltar uma e outra vez.

3. Mantenha-o conectado. O algoritmo de busca do Google é famoso como segredo, mas um de seus principais componentes é o PageRank, que atribui parte de seu valor com base nos links que uma página tem com os outros. Se meu site está vinculado a outros sites altamente valorizados (aqueles com um monte de tráfego, por exemplo), ele aumenta o perfil do meu site. Microlearning eficaz, da mesma forma, não pode existir isoladamente. Precisamos criar catálogos de treinamentos breves e focados, e grande parte da força desse treinamento virá das conexões que cada módulo faz com os outros. Uma série de módulos de microlearning no processo de vendas, por exemplo, irá mudar o comportamento de forma mais eficaz se eles constroem um sobre o outro e levam a uma visão holística. Um currículo conectado dará aos alunos o conjunto de habilidades amplas que eles precisam para ter sucesso.

Sempre haverá uma necessidade de treinamentos mais longos e complexos, mas microlearning oferece vantagens significativas em como apresentamos oportunidades de aprendizado e desenvolvimento para nossas equipes. E nós podemos fazer esse microlearning mais eficaz incorporando os princípios do Google.

Quer saber mais sobre técnicas bem sucedidas de microlearning? Clique aqui.

IDI Instituto de Desenho Instrucional

#comocriarmicrolearning #Microcopy #designeducacional #desenhoinstrucional #conteúdosinterativs #criarconteúdos #conteúdosead

37 visualizações