Obstáculos para Análise das Necessidades de Treinamento



Se você decidir fazer uma análise de necessidades de treinamento para compor sua trilha de aprendizagem, é crucial garantir que o processo seja fácil de seguir, pois só assim produzirá os melhores resultados.

Aqui estão 7 obstáculos que você pode encontrar quando decide mergulhar no processo de análise das necessidades de treinamento e como você pode superá-los.

1. Falta de Envolvimento da Gestão

Uma análise eficaz das necessidades de treinamento vai precisar de muita informação da equipe de gestão do negócio, e se eles forem muito ocupados ou não perceberem a importância, pode ser difícil levá-los a colaborar. . No entanto, sua contribuição é vital para o processo, porque você precisa ter clareza sobre o que se espera de cada membro da equipe da empresa, bem como o nível que a administração espera que todos estejam.

Isso também significa conversar com os gerentes de cada departamento para garantir que o treinamento específico do departamento e da função de cada departamento reflita com precisão as habilidades necessárias para realizar o trabalho corretamente.

É vital provar à sua equipe de gerenciamento que uma análise de necessidades é uma parte vital do treinamento e precisa ser concluída para garantir seja fornecido o melhor treinamento possível. Isso permitirá que sua empresa economize muito tempo e dinheiro em geral, mesmo que pareça um grande investimento de tempo, e a ideia de ser mais bem-sucedido e eficiente certamente trará as pessoas para colaborar.

2. Tempo Disponível

Como mencionamos acima, o tempo pode ser um fator de grande influência que o afasta quando se trata de análise das necessidades de treinamento. O pensamento de sentar e “gastar” tanto tempo planejando antes de chegar a hora de começar a organizar as sessões de treinamento pode parecer um desperdício de tempo, e você pode ser tentado apenas a entrar sem qualquer planejamento real.

Não vamos mentir - levará algum tempo para que a sua análise de necessidades de treinamento seja configurada corretamente, mas o investimento de tempo valerá a pena! Não apenas você terá uma ideia clara do tipo exato de treinamento que você precisa executar para sua equipe durante o ano, mas também saberá exatamente qual treinamento você não precisa oferecer.

Também tenha em mente que a primeira vez que você faz sua análise de necessidades de treinamento provavelmente será a mais demorada, pois quanto mais você fizer o processo, mais eficiente se tornará, e em breve será apenas parte do seu processo anual. Planejamento!

3. Novas Competências

É importante lembrar que você precisa planejar todos os trabalhos que oferece atualmente em sua empresa, mas também os novos cargos que deseja criar no próximo ano. Você poderia fazer uma análise de necessidades de treinamento ad-hoc à medida que novas funções surgissem, mas faria mais sentido fazer todo o planejamento em um estágio do processo.

Você deve ter uma boa idéia de onde sua empresa estará indo no próximo ano, onde o crescimento será e quais novos papéis e competências você estará procurando contratar.

4. Atualização dos Dados

Não conclua uma análise de necessidades de treinamento em um ano e confie nesses resultados nos próximos anos! Este é um processo que precisará ser repetido a cada ano (ou antes, se achar necessário) para garantir que você esteja sempre trabalhando com as informações mais atualizadas possíveis.

Pense em quanto os vários cargos e a maneira como seus departamentos funcionam podem mudar ao longo de um ano? Se você continuar trabalhando para as qualificações do ano passado, sua equipe estará trabalhando com habilidades desatualizadas e não estará produzindo os melhores resultados para o seu negócio.

5. Objetivos e principais resultados do ano

Semelhante ao ponto acima, é importante que você considere sempre o conjunto atual de objetivos e principais resultados e metas da sua empresa quando estiver realizando a análise de necessidades de treinamento para o ano seguinte.

Isso permitirá que você veja onde sua empresa quer ir e como planeja crescer, e então planejará sessões de treinamento que apoiarão essa visão.

6. Feedback Anterior

Quando você realiza treinamentos internos, é importante coletar feedback de sua equipe para ver como eles encontraram o treinamento, se foi divertido, se foi útil, se eles usaram as habilidades em seus trabalhos atuais, etc.

No entanto, não há sentido em coletar todo este feedback se você não fizer alguma coisa com ele! Usá-lo como parte de sua análise de necessidades de treinamento é uma ótima ideia, pois pode permitir que você melhore sua nova oferta de treinamento e garanta que todos aproveitem ao máximo o treinamento.

7. Não ter um processo

Quando você decide fazer uma análise de necessidades de treinamento em seu negócio, é importante garantir que você coloque em um processo que funcione para o seu negócio desde o início. Isso garantirá que você documente o processo e refaça os passos que não funcionaram bem para você, para garantir que tenha um registro da maneira mais rápida e fácil de fazer as coisas.

Isso tornará a vida muito mais fácil para você quando chegar a hora de fazer sua análise das necessidades de treinamento novamente e garantirá que, se alguém mais estiver encarregado de gerenciá-la no futuro, o procedimento ainda será seguido.

IDI Instituto de Desenho Instrucional

#designeducacional #designinstrucional #analisededadosnaead #analisededadoseducacionais #analisedecontexto #learninganalytics #analisededadosdoaluno

0 visualização