Transição para Formato Online com a Técnica de Rapid-learning


Como muitas empresas foram forçadas a fechar suas portas, novas oportunidades surgiram no universo da aprendizagem online. Seguem 8 dicas de usar das soluções de rapid eLearning para mudar para o treinamento virtual mesmo se o seu orçamento estiver apertado. O momento pede a capacidade de tirar o melhor proveito das situações ruins e revisão dos objetivos do negócio para criar um senso forte de comunidade e reduzir o estresse na força de trabalho, que recentemente, passou a ser remota.

As ferramentas de criação de cursos rápidos ou rapid-learning, são as famosas plataformas de conferência na Web e servem para reduzir o cronograma de implementação. Mas por onde você começa? Como você adapta um novo local para o treinamento ocorrer de forma online tendo recursos limitados?


Segue 8 dicas para facilitar a transição para o aprendizado on-line usando a técnica do rapi-learning:


Dica 1. Use as ferramentas de conferência na web para sessões de brainstorming de pesquisa e desenvolvimento


As plataformas de videoconferência são cruciais da sua nova estratégia de treinamento virtual. Os funcionários agora estão em casa, mas isso não significa que eles não possam trabalhar juntos para desenvolver novos conteúdos de aprendizagem, bem como, acompanhar iniciativas de treinamento on-line e revisar os recursos de treinamento on-line existentes. O software de conferência na Web facilita o brainstorming, o fornecimento de feedback sobre o eLearning e a comunicação diária.


Embora as plataformas de gerenciamento de projetos possam otimizar o processo, uma ferramenta de conferência na web leva todos para o mesmo espaço virtual, uma vez que é menos formal e multissensorial. As coisas podem se perder na tradução por e-mail ou mensagem instantânea, o que não acontece com uma solução rápida de eLearning, como videoconferência.


Dica 2. Gerencie o desempenho da equipe


Vai chegar o dia em que as empresas eliminarão completamente o treinamento presencial. Os instrutores vão desempenhar um papel de mediadores das conversas ao vivo com funcionários. O treinamento conduzido por instrutor virtual permite que eles participem ativamente do crescimento dos funcionários. Eles podem agendar sessões ao vivo que exploram tópicos e habilidades de nicho. Os participantes fazem perguntas, trocam idéias e se envolvem com os instrutores online, como fariam nos eventos tradicionais. Mas agora eles podem acessar uma extensa rede de colegas e treinadores on-line com novas plataformas de comunicação e colabooratividade.


Dica 3. Oferecer seminários on-line e oficinas para criar uma dinâmica de equipe melhor


O software de conferência na Web possui vários aplicativos em treinamento online, não apenas para desenvolvimento e colaboração de back-end. Você também pode hospedar eventos ao vivo, seminários on-line e workshops para fortalecer sua equipe e facilitar o compartilhamento de conhecimento. Os funcionários podem até assumir o papel de anfitriões convidados para oferecer novas idéias e perguntas sobre colegas de trabalho. Por exemplo, seu melhor desempenho de vendas pode hospedar uma discussão de 30 minutos sobre negociação e superação de apreensões de clientes.

Dica 4. Empregue ferramentas de criação rápida de eLearning para otimizar a manutenção do conteúdo


As ferramentas de criação rápida de eLearning apresentam recursos, temas e modelos de eLearning integrados. Isso é ideal para organizações que precisam implantar treinamento on-line direcionado ontem. Essas plataformas também ajudam a manter o conteúdo do treinamento on-line e a fazer pequenas revisões. Incorpore dicas sobre como aumentar a produtividade ao trabalhar em casa, ou demonstrações que mostram aos funcionários como modificar tarefas ou protocolos atuais enquanto estão fora do escritório.

Dica 5. Ative a personalização do treinamento online que identificam lacunas


Muitos sistemas de gerenciamento de aprendizagem agora oferecem suporte ao gerenciamento de certificados. Isso permite iniciar caminhos de certificação com base em funções, habilidades e tarefas. Cada membro da equipe se concentra em suas principais competências e responsabilidades de trabalho, em vez de ter que acompanhar seus colegas. Esses caminhos também apresentam mapas, barras de progresso e listas de verificação para melhorar a motivação dos participantes do treinamento de funcionários. Eles veem o que realizaram, para onde estão indo e como lidar com pontos de dor pessoais.

Dica 6. Forneça soluções de aprendizado social para treinamento, colaboração e construção de comunidades


Indicado para superar os sentimentos de isolamento quando os funcionários estão fisicamente desconectados de seus colegas e do ambiente de trabalho usual. Mas as soluções de aprendizado social fazem com que se sintam parte de algo maior. Um coletivo on-line onde eles podem encontrar treinamento entre colegas, discussões on-line, grupos de mídia social e outras ferramentas colaborativas. Isso cultiva um forte senso de comunidade entre sua força de trabalho geograficamente dispersa.


Dica 7. Inicie uma biblioteca usando ativos redirecionados


O microlearning é rápido de consumir, o que o torna um ótimo complemento para sua estratégia. Os funcionários participam de eventos ao vivo ou sessões de sala de aula virtual, em seguida, eles podem acessar a biblioteca de treinamento on-line para preencher as lacunas e melhorar a compreensão. Os instrutores devem recomendar recursos que os funcionários saibam onde procurar. Se você já tiver os conteúdos e materiais, isso vai reduzir os custos de desenvolvimento, então use uma ferramenta de rapid-Learning para atualizá-los e torná-los um novo guia interativo ou módulo online. Outra opção é contratar um parceiro de terceirização de eLearning para realizar a tarefa em seu nome.

Dica 8. Contrate provedores de conteúdo de eLearning para agilizar a troca

Os provedores de conteúdo oferecem uma gama diversificada de soluções rápidas de eLearning, dependendo por área de especialização. Por exemplo, alguns se especializam em microlearning, enquanto outros criam recursos de VR / AR que promovem aplicativos do mundo real. Determine quais fases do projeto corporativo de eLearning você pode gerenciar internamente com base nos talentos da equipe e nas restrições de tempo. Em seguida, delegue o restante a provedores de eLearning que possuam as habilidades, ferramentas e conhecimentos internos necessários.


Finalizando:


É complicado transpor o treinamento para o formato online em um prazo apertado mas é uma oportunidade de crescimento e produtividade da equipe em novos tempos.


Você pode ficar impressionado com a enorme quantidade de trabalho pela frente e a chave é empregar as soluções está baseado no uso do rapid-Learning. Não significa cortar custos ou se apressar na criação de conteúdo de treinamento mas identificar e atender as lacunas que ser formaram com os desafios do trabalho remoto nos tempos de home-office.


IDI Instituto de Desenho Instrucional


#microlearning #rapidlearning #aprendizagembaseadaemprojetos #aprendizagembaseadaemcenários #educação #desenhoinstrucional #designinstrucional #desenhoeducacional #ead #elearning #cursosonline #treinamentosonline #treinamento #desenvolvimento #conteudosead #experienciasdeaprendizagem #rh #dho #EducaçãoCorporativa #Aprendizagem #GestãoDePessoas #UserExperience #GestãoDoConhecimento #professor #professora #professores #professoras #montarcursosonline #criarcursosonline #criarcursos #montarcursos

65 visualizações